Demanda do consumidor por crédito tem alta de 1,5% em novembro

Dados da Boa Vista mostram ainda que no acumulado do ano o aumento da demanda chega a 5,9%

Redação DC
17/Dez/2021
  • btn-whatsapp
Demanda do consumidor por crédito tem alta de 1,5% em novembro

A demanda do consumidor por crédito avançou 1,5% entre os meses de outubro e novembro, de acordo com dados da Boa Vista. Na comparação com novembro de 2020 houve elevação de 9,4% e em 12 meses, alta de 4,2%. Os números já estão dessazonalizados.

O resultado acumulado no ano continua acelerando e passou de 5,5% para 5,9%. A Boa Vista observa, porém, que os segmentos que compõem o indicador se portaram de formas diferentes no período.

Os números do segmento Financeiro registraram queda na comparação mensal, de 0,7%, mas acumulam alta de 18,4% no ano. Já o segmento Não Financeiro subiu 2,2% em novembro, mas aponta retração de 2,7% no acumulado do ano.

O resultado do mês veio na contramão dos números de outubro, no qual o Financeiro havia avançado 1,5% contra setembro e o Não Financeiro recuado 2,2%, mantida a base de comparação.

"A diferença nos resultados recentes guarda alguma relação com algumas datas especiais do final do ano para o varejo, como foi a Black Friday em novembro e como será o Natal agora em dezembro. Contudo, em termos de vendas, essas datas talvez não sejam tão especiais assim. Isso porque o cenário ainda é delicado para o consumidor, e assim poderá ser por um bom tempo ainda, a renda real é menor devido à inflação elevada e os juros estão caminhando para cima", diz em nota a Boa Vista.

 

IMAGEM: Thinkstock

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Fev
Mar
Abr
IGP-M
1,1612
1,1477
1,1466
IGP-DI
1,1535
1,1557
1,1353
IPCA
1,1054
1,1130
1,1213
IPC-Fipe
1,1033
1,1096
1,1226