Demanda do consumidor por crédito sobe 6,8% em junho

No acumulado em 12 meses, porém, houve queda de 6,3%, segundo a Boa Vista, e o indicador continua bastante fragilizado e sem tendência clara no ritmo de recuperação

Redação DC
24/Jul/2020
  • btn-whatsapp

A Demanda por Crédito do Consumidor avançou 6,8% em junho na comparação com maio, já descontadas as influências sazonais, de acordo com dados nacionais da Boa Vista.

No acumulado do ano, o indicador caiu 15,4% ante igual período do ano passado. Já no acumulado em 12 meses, a demanda por crédito se aprofundou ainda mais no campo negativo, e registrou queda de 6,3%.

LEIA MAIS:  Intenção de consumo das famílias é a menor em dez anos

Considerando os segmentos que compõem o indicador, o financeiro ainda segue no campo negativo com retração de 0,7% em 12 meses, enquanto o segmento não financeiro registrou queda de 10,2% mantida a base de comparação.

Apesar do bom desempenho em junho, o indicador ainda segue bastante fragilizado e sem uma tendência clara sobre seu ritmo de recuperação. O resultado do mês foi influenciado pelos dois segmentos, com destaque para o avanço no setor Financeiro após apontar três quedas mensais consecutivas.

Porém, como a pior fase das adversidades provocadas pela pandemia do novo coronavírus foi entre março e maio, espera-se uma melhora nas perspectivas sobre o consumo e o mercado de trabalho nos próximos meses, fatores que podem afetar positivamente a demanda por crédito nesse período. 

FOTO: Thinkstock 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Fev
Mar
Abr
IGP-M
1,1612
1,1477
1,1466
IGP-DI
1,1535
1,1557
1,1353
IPCA
1,1054
1,1130
1,1213
IPC-Fipe
1,1033
1,1096
1,1226