Confira dicas para fortalecer a relação com o cliente

O Dia do Consumidor, comemorado nesta terça-feira, 15 de março, é uma boa oportunidade para o empresário repensar algumas práticas de atendimento e gestão que podem estreitar a relação com seu público

Redação DC
15/Mar/2022
  • btn-whatsapp
Confira dicas para fortalecer a relação com o cliente

O crescimento das lojas virtuais e o avanço das tecnologias que derivaram dessa modalidade de negócio permitiram ao empresário conhecer melhor os hábitos dos clientes. Uma variedade de aplicativos e softwares ajudam a monitorar os passos do consumidor e desvendar seus desejos.

Essas são ferramentas que possibilitam aumentar as vendas, mas, para além disso, podem auxiliar na formatação de estratégias para cativar o consumidor. Os grandes gestores sabem que mais importante do que conseguir uma venda, é conseguir um cliente fiel. E isso envolve toda uma cultura voltada ao consumidor, que tem nas práticas de atendimento e de gestão as suas bases. 

A seguir, listamos algumas estratégias simples que podem ajudar a construir uma relação mais saudável com os clientes:

- Ser diferente é o que atrai o cliente

Priorizar a satisfação dos clientes pode ser a sua melhor proteção contra novos concorrentes. Um exemplo simbólico é o cafezinho, um clássico dos cortes de baixo resultado e impacto emocional nocivo sobre o clima interno.

Pode parecer pequeno, mas para alguns consumidores, aquele cafezinho pode ser o único momento de bem-estar do dia. Por isso, independentemente de localização ou preço, esse item pode ser determinante num momento de escolha e comparação com outro ambiente.

A dica é separar o que é operacional, como corte de gastos, do que é estratégico e investir no estratégico. Muitas empresas ainda fazem confusão entre custos e investimentos.

Lembre-se: custos são os recursos necessários para operacionalizar o negócio, como salários, aluguel, luz, água, telefonia.

- Amplie os canais de venda

Priorizar o departamento comercial é uma tarefa complicada para as pequenas empresas, especialmente em tempos de crise. Embora a equipe de vendas seja a responsável pela conquista dos clientes e faturamento da empresa, um comportamento recorrente dos empresários é trocá-la por outra mais barata.

E mesmo diante de tantas facilidades e tecnologia, a hora é de ampliar a estrutura de venda, que pressupõe uma solução completa – estratégia comercial, canal físico e digital, capacitação dos vendedores e ferramentas para fazer acompanhamento de resultados.

Não adianta dizer que vende pelo Whatsapp se não tem um funcionário exclusivo para essa demanda.

- Cuidados com a imagem

Planos de marketing e comunicação costumam ser apontados como importantes, mas nem sempre são priorizados. Estar presente nas redes sociais, apresentar conteúdos padronizados e com qualidade fazem parte de um planejamento importante para se comunicar com o consumidor.

A decisão de criar um perfil em uma plataforma pode ser equivocada se não houver constância, pois pode destruir um longo trabalho de construção de imagem. O vácuo gerado pela falta de comunicação pode passar a impressão de que a empresa entrou em crise ou fechou.

- Dê valor a sua equipe

A preocupação em montar e manter uma equipe competente deve refletir também nas tomadas de decisões que impactam esse quadro de funcionários.

É fundamental criar mecanismos de valorização para quem trabalha com o seu negócio e se empenhar em manter um bom clima interno. A boa relação entre funcionários, donos e gestores cria um ambiente mais agradável para os consumidores que também se sentem envolvidos nessa atmosfera harmônica e, consequentemente, são melhor atendidos. 

- Um empresário que os clientes conheçam

Um empresário não pode se isolar no seu negócio, pois há muito o que dividir e aprender com clientes. Manter mais proximidade, entender as barreiras que existem dentro da loja e os motivos pelos quais uma compra não é finalizada podem ser facilmente entendidos vivenciando o dia a dia de um negócio.

Para muitos clientes, ser atendido pelo dono da loja também tem sua importância. Muitos gostam de saber quem criou aquela marca, a história que existe por trás de um negócio, conversar sobre um produto ou, até mesmo, dar um feedback.

Essa aproximação também pode ajudar o empresário a entender melhor a movimentação de seu público - ou seja, seus hábitos de consumo e perfil.

 

 

 

 

 

 

 

Indicadores de Crédito da Boa Vista

Índice
Mar
Abr
Mai
Demanda por crédito
0,6%
-4,3%
--
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
-1%
1,1%
--
Inadimplência do consumidor
5,1%
5,0%
7,5%
Recuperação de crédito
6,4%
1,8%
-5,6%
mais índices

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mar
Abr
Mai
IGP-M
1,1477
1,1466
1,1072
IGP-DI
1,1557
1,1353
1,1056
IPCA
1,1130
1,1213
1,1173
IPC-Fipe
1,1096
1,1226
1,1227

Vídeos

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

2º Encontro "Liberdade para Empreender”

SOS Empreendedores - Crédito e negociação de dívidas

Colunistas