Confiança do pequeno negócio cresce 3,5 pontos no terceiro trimestre

O Índice de Confiança das Micros e Pequenas Empresas (IC-MPE), elaborado pelo Sebrae e FGV, foi positivo para todos os setores pela primeira vez no ano

Redação DC
17/Out/2023
  • btn-whatsapp

A confiança dos donos de micro e pequenas empresas cresceu 3,5 pontos no terceiro trimestre do ano, na comparação com o trimestre imediatamente anterior. Segundo o Sebrae, “a redução da inflação aliada à melhora do mercado de trabalho e às políticas de mitigação do risco fiscal foram os motivos para elevar o otimismo nos pequenos negócios”.

O Índice de Confiança das Micros e Pequenas Empresas (IC-MPE), elaborado pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), também revelou que o trimestre encerrado em setembro foi positivo para todos os setores - Serviços, Comércio e Indústria da Transformação -, algo inédito em 2023.

O IC-MPE é composto pela soma do Índice de Situação Atual, que mede a situação dos negócios e a demanda atual, e o Índice de Expectativas (média dos quesitos de tendências dos negócios e demanda prevista).

POR SETOR

O Comércio apresentou o maior crescimento da confiança entre os pesquisados, influenciado, exclusivamente, pelo segmento varejo restrito. 

Em Serviços, a safra recorde na agricultura rendeu maior otimismo dos serviços de transporte.

Já o setor da Indústria conseguiu reverter o sinal negativo do segundo trimestre para um avanço sólido no terceiro, de 3,8 pontos, garantido, em grande parte, pelo segmento de refino e produtos químicos. Segundo o Sebrae, “tal cenário se deve, possivelmente, à redução dos preços da gasolina, diesel e do gás de cozinha (GLP) e dos custos de alimentos e dos transportes.”

 

IMAGEM: Freepik

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas