Comércio eletrônico projeta faturar R$ 2,55 bi com Dia dos Pais

FecomercioSP prevê, porém, que a data será marcada por presentes de baixo preço

Agência Brasil
29/Jul/2019
  • btn-whatsapp
Comércio eletrônico projeta faturar R$ 2,55 bi com Dia dos Pais

O comércio eletrônico deve movimentar R$ 2,55 bilhões no Dia dos Pais, de acordo com previsão da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Segundo a entidade, a data, que é considerada uma das mais importante para o varejo, deve ter um crescimento de 14%, quando comparado com o mesmo evento do ano passado.

A Associação estima que cerca de 8,63 milhões de pedidos sejam realizados no período de 20 de julho a 10 de agosto, com um tíquete médio de R$ 296. As principais categorias de produtos a serem buscados na data são Informática, Celulares, Eletrônicos, Materiais esportivos e Moda e Acessórios.

“O Dia dos Pais sempre movimenta muito no varejo. O mundo mais digital e conectado potencializa ainda mais os pedidos no e-commerce. A expectativa não poderia ser melhor”, explica Mauricio Salvador, Presidente da ABComm.

 

Já o comércio de São Paulo não tem grandes expectativas em relação às vendas para o Dia dos Pais. De acordo com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), a data deverá ser marcada pela compra de “lembrancinhas”, presentes que não causem impacto no orçamento, assim como ocorreu no Dia dos Namorados.

De acordo com a entidade, o Índice de Consumo das Famílias (ICF) está patinando, com recuo de 3,2% em julho.

“Embora o consumidor esteja mais disposto a ir às compras, [como apontou alta de 3,3% do Índice de Confiança do Consumidor em julho], as instituições financeiras ainda seguram o crédito diante da inflação e do alto índice de desemprego no país”, destaca a FecomercioSP, em nota.

Segundo a entidade, os bancos só deverão liberar crédito quando houver queda nos índices de desemprego, para não correr o risco de elevação da inadimplência.

A expectativa da FecomercioSP é que as vendas do segundo semestre sejam impulsionadas nos meses de novembro e dezembro com as promoções da Black Friday e do Natal.

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) e o Índice de Intenção de Consumo das Famílias (ICF), utilizados pela federação, são apurados mensalmente com dados de cerca de 2,1 mil consumidores.

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas