Comércio de bairro se expande em São Carlos

Custos de locação em regiões afastadas do centro comercial costumam ser mais baixos e influenciam a decisão do empreendedor

Redação Facesp
13/Jan/2018
  • btn-whatsapp
Comércio de bairro se expande em São Carlos

O centro de São Carlos ainda é o local onde se concentra o maior número de lojas, no entanto o setor de serviços e comércio em bairros periféricos da cidade vem crescendo cada dia mais.

Para a ACISC (Associação Comercial e Industrial de São Carlos) isso é bastante positivo, tanto para a cidade como para o comércio em geral, uma vez que o desenvolvimento de áreas comercias nos bairros proporciona novas oportunidades de emprego e renda no município.
 
Segundo o presidente da ACISC, José Fernando Domingues, o consumidor tem optado pela comodidade e praticidade na hora das compras.

“Não apenas preço baixo, promoções e variedade de produtos e serviços que atraem o consumidor, mas o grande diferencial competitivo no negócio de bairro é o atendimento personalizado e afetivo, além da praticidade e comodidade de comprar perto de casa”, explicou.

O comércio nos bairros segue uma tendência de crescimento gradual, pois geralmente são negócios pequenos e planejados para atender as regiões onde estão localizados.

“Temos como exemplos as regiões da Rua Miguel Petroni e Antonio Blanco, que concentram um grande número de lojas e negócios de diversos segmentos. Isso desperta o interesse do consumidor, mas também de empresários e empreendedores que buscam regiões em pleno desenvolvimento para investir e instalar o seu negócio”, destacou Domingues.
 
O presidente da ACISC lembrou ainda que os custos com aluguéis em regiões afastadas do centro comercial costumam ser mais baixos.

“Para o empresário e investidor, esse fator tende a interferir na decisão de escolha do local para abrir o seu negócio”, disse reforçando que o varejo de vizinhança e os street malls são boas oportunidades de investimento em São Carlos/SP.
 

 

 

 

 

 

 

Indicadores de Crédito da Boa Vista

Índice
Mar
Abr
Mai
Demanda por crédito
0,6%
-4,3%
--
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
-1%
1,1%
--
Inadimplência do consumidor
5,1%
5,0%
7,5%
Recuperação de crédito
6,4%
1,8%
-5,6%
mais índices

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mar
Abr
Mai
IGP-M
1,1477
1,1466
1,1072
IGP-DI
1,1557
1,1353
1,1056
IPCA
1,1130
1,1213
1,1173
IPC-Fipe
1,1096
1,1226
1,1227

Vídeos

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

2º Encontro "Liberdade para Empreender”

SOS Empreendedores - Crédito e negociação de dívidas

Colunistas