Carnaval deve injetar R$ 9 bilhões na economia em fevereiro, diz CNC

Se confirmada a previsão, o resultado vai representar um aumento de 10% sobre o registrado no ano passado

Redação DC
29/Jan/2024
  • btn-whatsapp

O Carnaval de 2024 deve fazer o turismo do país movimentar R$ 9 bilhões a mais que a média de faturamento mensal do setor, segundo estimativas da Confederação Nacional do Comércio (CNC). 

Se confirmada a previsão, o resultado vai representar um aumento de 10% sobre o registrado no ano passado, além de superar o faturamento pré-pandemia pela primeira vez. 

As projeções de alta, segundo a CNC, são compatíveis com a melhora da situação financeira do brasileiro, que deve gastar mais neste Carnaval. Além disso, são esperados mais turistas estrangeiros. Em 2023, os gastos de estrangeiros no Brasil - ao longo do ano - superaram em 44% os de 2022.

O evento também deve estimular contratações. A CNC espera que o Carnaval garanta a contratação de 66,7 mil trabalhadores temporários em fevereiro, com 3,1% de efetivação, especialmente no setor de Serviços. 

SÃO PAULO

As projeções da confederação indicam que São Paulo terá o maior faturamento com as atividades turísticas no mês do Carnaval, movimentando R$ 16,3 bilhões. 

Segundo a CNC, o faturamento das atividades turísticas no mês do Carnaval reflete a dinâmica econômica geral de cada Estado, sendo que quanto maior o fluxo turístico, a população residente e a renda média, mais alta a projeção. A confederação acrescenta que São Paulo tem cerca de 20% da população brasileira.

Na sequência aparecem Rio de Janeiro, com R$ 5,3 bilhões, e Minas Gerais, com R$ 5,2 bilhões. Para a Bahia e Rio Grande do Sul, a expectativa é de faturamento de R$ 2,7 bilhões.

 

IMAGEM: Vladimir Miranda/DC

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas