Brasil participa da 12ª Semana Global do Empreendedorismo

Movimento é realizado simultaneamente em 170 países e, no Brasil, em 1,6 mil cidades. O presidente do Sebrae, Carlos Melles (acima), destacou a importância em levar o tema para as escolas

Agência Sebrae
19/Nov/2019
  • btn-whatsapp
Brasil participa da 12ª Semana Global do Empreendedorismo

Começou oficialmente na última segunda-feira (18/11), a 12ª Semana Global do Empreendedorismo (SGE), realizada simultaneamente em 170 países do mundo e cujo tema, este ano, é “Empreender é viver o futuro hoje”. O movimento está acontecendo em mais de 1,6 mil cidades brasileiras com a coordenação do Sebrae, envolvendo em torno de 9 mil atividades, como palestras, workshops, capacitações, oficinas, feiras, cursos, debates e outros tipos de ações.

O evento é realizado ao longo de todo o mês de novembro e tem como objetivo principal despertar o interesse da sociedade pelo empreendedorismo. No Brasil, estão sendo enfocados temas como a Educação Empreendedora, a inovação e a liberdade para empreender.

LEIA MAIS: O perfil dos donos de pequenos negócios na próxima década

Na abertura, o presidente do Sebrae, Carlos Melles, destacou a importância de levar o empreendedorismo para as escolas, em todos os níveis de ensino. Para isso, secretários de educação dos estados e municípios estão participando das atividades, que estão sendo realizadas pela instituição.

“Esse é um momento de muito entusiasmo para todos nós”, afirmou Melles, abrindo oficialmente a SGE. “Precisamos despertar o dom do empreendedorismo nas pessoas, principalmente nos jovens”, acrescentou o presidente do Sebrae, explicando que a etapa brasileira é a maior entre os países que participam da semana.

Segundo Melles, o Sebrae está ajudando o país a retomar o caminho do crescimento, por meio da capacitação dos empresários dos pequenos negócios, em cursos e diversos outros tipos de iniciativas. Agora, conforme o presidente, a instituição está se unindo ao Ministério da Educação para desenvolver ações junto às redes pública e particular de ensino.

“O MEC tem esse compromisso com o ‘Sebrae”, observou o secretário de Educação Profissional e Tecnologia da pasta, Ariosto Antunes, durante a abertura da Semana, que aconteceu na sede nacional do Sebrae, com a presença de centenas de pessoas, entre autoridades, e donos de pequenos negócios.

LEIA MAIS: Os jovens e inquietos fundadores de fintechs

Na abertura do evento, palestrantes de diversas áreas falaram sobre suas experiências. O primeiro deles foi Bruno Romano, empreendedor e um dos fundadores da Keep Lerning School, que apresentou a Comédia da Vida Corporativa. A vencedora da etapa brasileira da Copa do Mundo de Empreendedorismo, Laura Ribeiro, contou como se tornou uma empresária de sucesso, assim como Tiago Mattos, co-fundador da Aerolito e Perestroika.

Davi Braga falou aos presentes como se tornou um empreendedor aos 13 anos, ao criar a startup List-IT. Ao final, aconteceu o talkshow “Inovação, novas formas de aprendizado, inclusão e comportamento socioemocional”, envolvendo os palestrantes, além da empreendedora social na área de robótica Guilhermina Abreu, co-gestora e fundadora do Embaixadores de Minas.

Ainda dentro da programação da Semana Global de Empreendedorismo, o Senado Federal realizou nesta terça-feira (19/11), uma sessão solene, proposta pelo senador Jorginho Mello, presidente da Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa. A SGE foi criada em 2007 com o objetivo de fortalecer e disseminar a cultura empreendedora. Em 11 anos, os 18 países fundadores da iniciativa, entre eles o Brasil, se multiplicaram para mais de 170. O movimento chegou no Brasil em 2008 e, desde então, apresentou desenvolvimento incomparável, atingindo em 2014, 5.811 atividades, nos 26 dos estados e no Distrito Federal, contando com mais de 1 milhão e 600 mil participantes.

Em 2018, primeiro ano em que a SGE ficou sob a coordenação do Sebrae, foram realizados 8.296 eventos, em 1.161 cidades, com 670 instituições, alcançando mais de 1 milhão de participantes. “Esse ano resolvemos inserir como novidade o incentivo à educação empreendedora, à inovação e à liberdade para a melhoria do ambiente de negócios, que acontecerá com a Lei da Liberdade Econômica, que dará mais chances aos empreendedores de prosperar”, disse o diretor técnico do Sebrae, Bruno Quick.

O Sebrae é a instituição host, responsável pela coordenação nacional, justamente com o Conselho da SGE, composto pela Aliança Empreendedora, Anjos do Brasil, Anprotec, Artemisia, Brasil Junior, CONAJE, Endeavor e Junior Achievement; além de órgãos do poder público, empresas, organizações não governamentais, incubadoras, aceleradoras, entre outros agentes da sociedade. Este ano, a Semana Global já contabiliza 8.864 eventos, com 852 parceiros espalhados por 1.601 municípios. Antes mesmo do encerramento da Semana, o Sebrae já contabiliza 1,286 milhão de pessoas mobilizadas.

FOTO: Charles Damasceno / Sebrae

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas