Ac boost, programa de impulsionamento da ACSP, certifica 31 startups

Programa busca empresas que já estão em atividade e têm escalabilidade para ajudá-las a despertar esse potencial de crescimento

Rebeca Ribeiro
08/Dez/2023
  • btn-whatsapp
Ac boost, programa de impulsionamento da ACSP, certifica 31 startups

A 3ª edição do Ac boost, programa de impulsionamento do Pateo 76, hub de inovação da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), certificou na última quarta-feira (6) 31 startups com o Selo de Inovação ACSP Pateo 76.

O programa de impulsionamento é destinado a startups que já estão ativas no mercado e têm escalabilidade, ou seja, elas têm potencial de crescimento e podem ganhar mais visibilidade no mercado. 

Ao serem aceitas no Ac boost, essas startups interagem e participam de palestras e mentorias com empresários já consolidados em seus segmentos, permitindo assim que essas empresas emergentes tenham uma visão mais ampla dos negócios e assimilem conhecimentos sobre estratégias para atrair clientes, investidores, dicas para administrar o caixa, entre outras.

Das 1.029 inscrições para o programa, 60 startups foram selecionadas e passaram por uma série de avaliações. De acordo com Alessandra Andrade, coordenadora-geral do Conselho de Inovação (Conin) da ACSP e gestora do Pateo 76, o programa previa certificar 30 startups das 60 selecionadas, sendo que a realidade superou as expectativas, com 31 empresas certificadas.

Entre essas startups que receberam o Selo de Inovação ACSP Pateo 76 está a Mercado Radar, que faz comparativos de preços entre marcas por meio de coleta de dados. De acordo com Sandro Wiggers, CEO da empresa, o Ac boost o ajudou a expandir sua visão de negócio. 

“É muito importante ter uma visão externa do próprio negócio, poder contar com uma consultoria. E isso foi extremamente importante para montar nossa estratégia de marketing para 2024, buscando alcançar nosso objetivo de crescimento”, disse Wiggers.

Ainda segundo o CEO da Mercado Radar, o Ac boost permite aos participantes do programa compreenderem que uma startup é mais do que um espaço para testes e experimentações. “Assim como qualquer empresa, precisamos saber administrar o negócio, buscar investidores, clientes e fornecedores”, disse.

Sandro Wiggers, da Mercado Radar: Ter uma visão externa do próprio negócio é sempre positivo (Foto: Rebeca Ribeiro/DC)

 

Dentro desse espírito, durante a cerimônia de certificação das startups foi realizada uma palestra, conduzida por Luiz Fernando Lucas, advogado especializado no mundo corporativo, que abordou a importância da liderança consciente.

Outra startup certificada foi a Ravim, que auxilia empresas na gestão de saúde, segurança e meio ambiente. Sob o comando dos sócios Vinicius Stefani e Victor Carvalho, a empresa participou pela terceira vez do Ac boost, revelando um processo de melhoria contínua. 

“Buscamos evoluir sempre. Na segunda edição do programa batemos na trave e nesta conseguimos ser certificados com o selo que traz bastante credibilidade para a nossa startup por levar o nome da Associação Comercial de São Paulo”, disse Stefani, que está otimista com as oportunidades de investimentos que o programa trouxe à Ravim.

Vinicius Stefani e Victor Carvalho, da Ravim: Selo de Inovação do Ac boost aumenta a credibilidade da startup (Foto: Rebeca Ribeiro/DC)

 

NOVIDADES PARA 2024

O Ac boost busca garantir cada vez mais oportunidades para as startups participantes do programa, como a possibilidade de fechar parcerias com a ACSP que permitam o desenvolvimento de novos produtos e serviços para os associados da entidade. 

Na edição anterior do programa, a construtech Hoff Analytics, validada com o selo de Inovação, virou parceira da ACSP. Ela desenvolveu um dashboard (painel de métricas e indicadores), atendendo a uma demanda da Associação. “Essas parcerias nos ajudam a acompanhar a evolução do mercado. Precisamos cada vez mais de novas tecnologias”, disse Roberto Mateus Ordine, presidente da ACSP.

Com o sucesso dessa relação, Alessandra Andrade disse que para 2024 é possível pensar em pelo menos cinco novas parcerias entre startups certificadas na 3ª edição do Ac boost e a ACSP. 

Durante a cerimônia de entrega dos selos, a coordenadora-geral do Conin também anunciou uma proposta de parceria com o Conselho Nacional da Mulher Empreendedora e da Cultura (CMEC), para levar educação e inovação às mulheres associadas ao CMEC.

 

IMAGEM: ACSP/divulgação

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas