5 estratégias de precificação para sua loja

Saber precificar os produtos é essencial para ter mais competitividade, margem de lucro e um diferencial no mercado. Veja algumas dicas que podem ajudar na hora de tomar uma definição

Agência Sebrae
07/Ago/2019
  • btn-whatsapp
5 estratégias de precificação para sua loja

Uma das grandes dúvidas dos donos de micro e pequenos empreendimentos é como precificar corretamente os seus produtos.

O preço tem um peso estratégico em qualquer negócio e pode ser a diferença entre o sucesso e a falência de uma empresa.

A definição de um valor adequado de venda de um produto/serviço depende do equilíbrio entre o preço de mercado e o valor calculado em função do custos e despesas da empresa. Assim, a precificação envolve diretamente a identificação de qual valor gera competitividade, atratividade e lucratividade para o negócio.

Nesse cálculo, o empresário deve considerar dois aspectos básicos: o mercadológico (externo) e o financeiro (interno).

Confira abaixo algumas dicas que podem ajudar na hora de tomar uma definição.

1. Fique atento ao giro do seu produto

Quanto maior o giro do produto, menor tende a ser a sua margem de lucro. O giro do seu produto precisa ser suficiente para cobrir os gastos fixos da sua empresa, superando o “ponto de equilíbrio” a cada mês. Para isso, a sua margem de lucro, multiplicada pelo giro, deve ser igual ou superior às suas despesas fixas.

2. Observe o preço da concorrência

Procure se diferenciar dos concorrentes, seja na apresentação do produto, processo de venda, ponto comercial, ou na venda de kits, que podem reduzir a sua margem de lucro, mas aumentam o ticket médio do cliente.

3. Saiba identificar seu público-alvo

A depender do seu público e das expectativas, o preço de venda dos seus produtos e serviços pode ser alterado e/ou ajustado.

Se o seu cliente busca agilidade (produto ou serviços entregue em menor tempo), conforto (preço fechado, você cuida de tudo e apenas entrega o produto ou serviço pronto para o cliente) ou exclusividade (produto ou serviços de baixa disponibilidade), ele é menos sensível ao preço e você pode melhorar a sua margem com um maior valor de venda. Ou, se a sua margem permitir, como forma de se diferenciar dos seus concorrentes, entregue agilidade e/ou conforto mesmo em uma disputa pelo menor preço

4. Comprar bem é o segredo que todo mundo conhece

Como o preço de venda é definido pelo mercado, sua melhor chance de aumentar os lucros é reduzindo o preço de aquisição dos seus produtos.

Negocie com fornecedores, planeje suas compras para otimizar os custos com frete e/ou embalagem e, assim, melhorar a sua margem de venda. Quando possível, faça compras em conjunto com parceiros para aumentar o poder de barganha pelo sensível aumento na quantidade.

5. Evite promoções a todo momento

Se você fizer promoções continuadamente, o cliente vai se acostumar com o preço promocional e deixar de adquirir pelo preço regular.

Tenha datas especiais de promoção e, nestas datas, incentive a compra em maiores valores. Por exemplo, em uma feira, se na última hora você liquida os produtos, seus clientes deixarão para te visitar apenas nessa última hora para aproveitar o seu desconto.

FOTO: Pixabay

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas