Por José Constantino de Bastos Júnior

  | Advogado e ex-secretário nacional de racionalização e simplificação