Gestão

#SeExplicaAmazon entra nos trending topics por venda de livro proibido


Usuários do Twitter cobram postura da gigante do e-commerce para protestar contra o polêmico "Anjos Proibidos", de Fábio Cabral, cuja edição, que trazia imagens de meninas de 10 a 17 anos seminuas, foi censurada e sofreu processo criminal em 1991


  Por Redação DC 16 de Junho de 2020 às 09:52

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Dentre as polêmicas do dia, o Twitter amanheceu nesta terça-feira (16/6) com a hashtag #SeExplicaAmazon, levantada para protestar contra um livro polêmico, que estava a venda no site da Amazon até pouco tempo. Trata-se do livro Anjos Proíbidos, de Fábio Cabral, publicado em 1991.

O conteúdo do material traz imagens de adolescentes entre 10 e 17 anos seminuas, exaltando a sensualidade de cada uma delas. Na época, a edição de 500 exemplares foi censurada e recebeu um processo criminal.

Comercializado no site da Amazon, o título custava em torno de R$ 10 mil e chamou atenção dos usuários do e-commerce. Com a repercussão e a reclamação dos internautas de que a Amazon estaria fazendo vista grossa para a pedofilia, o anúncio do exemplar foi retirado do ar. Entretanto, as publicações agora pedem um posicionamento da gigante do e-commerce sobre a comercialização do título. 

FOTO: Reprodução