Negócios

Vendas no varejo crescem 3,1% em julho, aponta indicador da Mastercard


A perspectiva é de se manter uma melhora gradativa no comércio varejista nos próximos meses, afirma economista


  Por Estadão Conteúdo 29 de Agosto de 2017 às 11:00

  | Agência de notícias do Grupo Estado


Um indicador criado pela operadora de cartões de crédito Mastercard para medir o desempenho do consumo aponta que as vendas no varejo brasileiro subiram 3,1% em julho ante igual mês do ano passado. Trata-se do terceiro crescimento seguido nesse tipo de comparação.

O cálculo exclui os mercados de automóveis, materiais de construção e restaurantes.

O levantamento mostra também que, pela primeira vez em dois anos, todas as regiões tiveram desempenho positivo. Três das cinco regiões tiveram altas acima da média: Sul (4%), Sudeste (3,3,%) e Nordeste (3,2%). As outras duas ficaram abaixo da média: Norte (2,7%) e Centro-Oeste (0,2%).

Os resultados para o e-commerce, que são as transações feitas pela internet, registraram expansão mais forte, de 19,7% em julho ante igual mês do ano passado.

César Fukushima, economista-chefe da Mastercard Advisors no Brasil, considera que os números positivos em todos os indicadores foram impulsionados pela queda do desemprego e pelo aumento da massa salarial.

LEIA MAIS: Vendas crescem 2,9% na primeira quinzena

Por outro lado, lembra que a confiança do consumidor anda em baixa, em razão das incertezas com a economia. "Mesmo assim, a perspectiva é a de se manter uma melhora gradativa no comércio varejista nos próximos meses", prevê.

Lançado no Brasil no começo de 2013, o indicador da Mastercard, batizado de SpendingPulse, é baseado nas atividades de vendas na rede de pagamentos da operadora, juntamente com as estimativas para todas as outras formas de pagamento, incluindo dinheiro e cheque.

FOTO: Estadão Conteúdo