Receita apreendeu quase R$ 2 bi em pirataria no ano passado

Entre os produtos mais visados pelos contrabandistas estão armas, medicamentos e pneus, apontou o fisco

Agência Brasil
03/Fev/2016
  • btn-whatsapp
 Receita apreendeu quase R$ 2 bi em pirataria no ano passado

Ao longo de 2015, a apreensão total de mercadorias realizada pela Receita Federal em ações de combate ao contrabando, à pirataria e a outras irregularidades aduaneiras chegou a R$ 1,889 bilhão. O valor é 4,86% maior do que o observado em 2014, quando foram apreendidos R$ 1,801 bilhão, e inferior, apenas, ao registrado em 2012 (R$ 2,025 bilhões).

De acordo com a Receita, os destaques foram armas e munições – que superaram em 43,16% o valor arrecadado em 2014 – e medicamentos, com apreensões em valores 97,73% acima do ano anterior. As apreensões de pneus alcançaram valor 122,64% superior às de 2014.

Segundo a Receita, os números retratam a evolução do trabalho do fisco, com o uso de técnicas de gestão de riscos. Os novos métodos utilizados permitem que as equipes se concentrem em determinadas pessoas ou alvos com maior probabilidade para tentar fraudar importações ou exportações.

A Receita informou também que as apreensões ocorreram nas áreas de fiscalização, repressão, vigilância, remessas internacionais e bagagem.

FOTO: Thinkstock

 

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas