Controle da produtividade na palma da mão

O aplicativo Casting ajuda lojistas a acompanhar o desempenho de vendedores e a ampliar o nível de capacitação de equipes no varejo

Italo Rufino
17/Jun/2016
  • btn-whatsapp
Controle da produtividade na palma da mão

Hoje é possível realizar inúmeras tarefas na palma da mão por meio de aplicativos de smartphones – desde marcar consultas médicas até aplicar em investimentos no mercado financeiro. 

Aproveitando as facilidades proporcionadas pelos celulares inteligentes, a Ser, que desenvolve tecnologias para gestão de pessoas em empresas, criou um aplicativo que promete aos pequenos e médios varejistas aumentar o desempenho de seus funcionários. 

Batizado de Casting, o aplicativo proporciona facilidades em três frentes. Por meio da plataforma, o lojista acompanha as vendas de cada funcionário e equipe, visualizando em tempo real o volume de faturamento e as metas de vendas.

O aplicativo também oferece uma ferramenta de capacitação. Os gestores podem disponibilizar treinamentos em vídeos e arquivos PDF e questionários para o funcionário, que acessa o conteúdo de seu próprio smartphone. 

Por último, o Casting integra um banco de talentos. Neste caso, a Ser atua no recrutamento e seleção de pessoas com o perfil que as lojas necessitam, geralmente para ocupar funções de vendedores, estoquistas e repositores. Se algum funcionário pedir demissão, o gestor pode acessar o banco e marcar entrevistas com candidatos pré-selecionados. 

“Atualmente, o banco possui mais de 120 candidatos”, afirma Sérgio Falsarella , presidente da Ser. “E há 800 pessoas em fase de treinamento.”

VEJA TAMBÉM: Faça seus talentos trabalharem por você

O valor do Casting varia conforme o número de funcionários cadastrados no aplicativo –cada empregado custa R$ 59,50 mensais. Empresas que desejarem ter acesso ilimitado ao banco de talentos deverão pagar mais R$ 70 ao mês.

Lançando em janeiro passado, o Casting é usado por cerca de 25 varejistas paulistas, entre lojas de calçados, óticas e relógios, que somam mais de 2 mil funcionários.

FALSARELLA, CEO DA SER: PRODUTIVIDADE DA LOJA NA PALMA DA MÃO

O primeiro cliente do Casting foi o economista Roberto Carlos Soares, proprietário de 15 franquias da marca O Boticário na região de Campinas. 

Na avaliação de Soares, o maior benefício é ter acesso a métricas de produtividade de forma transparente e ágil. 

“Antes, eu armazenava os dados em planilhas de Excel e em softwares de vendas”, diz Soares. “Agora, todas as informações ficam consolidadas no aplicativo à disposição dos gerentes de lojas”.

Uma métrica que Soares não tira o olho diz respeito às metas dos funcionários. Quando um vendedor puxa a média de vendas para baixo, por exemplo, um gerente logo o orienta pontualmente. O funcionário também tem acesso aos seus dados.  

Soares também disponibiliza no aplicativo vídeos e arquivos para que vendedores atualizem noções de bom atendimento. Por sua vez, os gerentes aprendem sobre liderança e gestão de equipe. Ao término de cada conteúdo, são realizados testes – caso o funcionário não atinja uma nota mínima, é necessário refazer o questionário. 

Ao mesmo tempo, o banco de talentos deu maior agilidade na reposição de funcionários. Antes, Soares demorava cerca de 15 dias para realizar uma reposição – uma vez que quando um empregado pedia demissão, era necessário contatar uma empresa de recrutamento, selecionar e entrevistar candidatos. 

“Hoje, consigo uma contratar uma pessoa apta a trabalhar em dois dias”, diz Soares. “Já contratei mais de 20 funcionários por meio do Casting". 

LEIA MAIS: Os melhores aplicativos de 2015

Com seis meses de uso, o aplicativo ajudou Soares a obter ganhos financeiros expressivos. Houve aumento de 10% no tíquete médio e a expectativa é aumentar as vendas em 8% em 2016.

Nada mal para um ano em que o varejo deverá encolher 3%, de acordo com estimativa do  boletim Dados Antecedentes do estudo AC Varejo, da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

“Espero faturar 40 milhões de reais em 2016", afirma Soares.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas