CNC projeta alta de 3,5% nas vendas para o Dia das Mães

A confederação também prevê a contratação de 25,9 mil trabalhadores temporários para a data

Redação DC
30/Abr/2024
  • btn-whatsapp
CNC projeta alta de 3,5% nas vendas para o Dia das Mães

A Confederação Nacional do Comércio (CNC) projeta que o volume de vendas no varejo para o Dia das Mães deve atingir R$ 13,2 bilhões em 2024, uma alta de 3,5% em relação à movimentação financeira real observada no ano passado.

A maior parte das vendas, 57%, deve ficar concentrada em São Paulo (R$ 3,9 bilhões), Minas Gerais (R$ 1,4 bilhão), Rio de Janeiro (R$ 1,1 bilhão) e Rio Grande do Sul (R$ 967 milhões).

Segundo a CNC, as 12 maiores Unidades da Federação deverão registrar avanços nos volumes de vendas locais, sendo Espírito Santo e Bahia os maiores destaques relativos às altas esperadas – ambos com projeção de 6,3%.

SEGMENTOS

O maior faturamento com as vendas de Dia das Mães deve ficar concentrado no segmento de vestuário, calçados e assessórios: R$ 5,1 bilhões, um avanço de 2,1% na comparação com 2023.

Em seguida, de acordo com a CNC, deve vir o ramo de farmácias, perfumarias e lojas de cosméticos, com previsão de R$ 2,6 bilhões.

Os estabelecimentos especializados na venda de móveis e eletrodomésticos devem faturar R$ 1,8 bilhão com a data, assim como os de utilidades domésticas e eletroeletrônicos.

A maior alta, no entanto, está prevista para o ramo de hiper e supermercados, que deve ter aumento de 6% nas vendas e chegar a aproximadamente R$ 1,2 bilhão.

CONTRATAÇÃO DE TEMPORÁRIOS

Com a expectativa real de aumento do volume de vendas, a contratação de trabalhadores temporários para atender à demanda deverá ser maior do que no ano passado (25,9 mil vagas em 2024 contra 23,7 mil em 2023).

A expectativa é que o salário médio de admissão fique em torno de R$ 1.794, uma alta de 7,1% do valor médio pago na mesma data em 2023.

São Paulo (6,7 mil) e Minas Gerais (2,9 mil) devem ser os maiores demandantes por trabalhadores temporários.

A expectativa da CNC é que 6,8 mil trabalhadores temporários sejam efetivados no varejo após o fim da segunda data comemorativa mais importante do varejo nacional.

 

IMAGEM: Luludi/DC

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas