Bob's quer ampliar em cinco vezes operações no estado de São Paulo

Presente na ABF Franchising Expo, rede lançou o plano 'Potencializa SP', que prevê novos formatos para chegar em cidades menores e locais onde ainda não está, como no Brás. Investimento em novos negócios será de R$ 100 mi

Karina Lignelli
02/Jul/2024
  • btn-whatsapp
Bob's quer ampliar em cinco vezes operações no estado de São Paulo

Águas da Prata, São João da Boa Vista, Ubatuba, Bragança Paulista, Extrema, Socorro, Nova Odessa, Bauru... E até o popularíssimo polo de moda paulistano do Brás. Essas são apenas algumas localidades em que o Bob's, primeira rede de fast food do Brasil, aposta para impulsionar parte do seu plano de expansão para cinco anos, que inclui quintuplicar sua presença no estado de São Paulo e a abertura de pelo menos 120 unidades ainda em 2024.

Completando 40 anos de franchising, a rede vai investir R$ 100 milhões em novos negócios, seja em reestruturação de lojas já existentes no país, ou novas unidades franqueadas.

O maior foco mesmo será o mercado paulista, considerado ainda resistente para a marca, segundo especialistas em varejo, mas o segundo maior para a rede, com 66 unidades.  

Presente na última ABF Franchising Expo, realizada na Capital Paulista entre os dias 26 e 29 de junho, o Bob's apresentou seu plano "Potencializa São Paulo", que prevê ampliação dessa presença com lojas de rua, quiosques e drive-thru - como o recém-inaugurado em Campinas -, oferecendo condições facilitadas. 

"Nós somos uma marca carioca e mesmo com o estado de São Paulo sendo o segundo com maior presença, ainda há muitas oportunidades", afirma Fabiano Lima, diretor de expansão do Bob's. Por ter uma presença marcante em shoppings, agora a rede está muito voltada para lojas de rua, não só para crescer os franqueados organicamente, mas trazer novos que se identifiquem com a marca. E com uma série de benefícios para acelerar o crescimento, diz. 

Entre os incentivos para quem abrir novos pontos de venda até 2027 estão os descontos regressivos nos royalties por modelo de loja. Para os 280 franqueados que já estão na rede no país - há multifranqueados com quatro lojas, em média -, há o contrato estendido, para 84 meses, mais descontos. 

"Temos uma agenda muito positiva de crescimento na capital paulista também, com destaque para o bairro do Brás, além de cidades da Região Metropolitana. São pilares importantes para que de fato a gente concretize um plano agressivo de crescimento em São Paulo", destaca.   

Ocupando o quarto lugar no ranking das redes de fast food entre as franquias da Associação Brasileira de Franchising (ABF), atrás do McDonald's, Burger King e Subway, o objetivo do Bob's não é só recuperar as perdas de pouco antes da pandemia: hoje a rede planeja ser o primeiro fast-food a chegar nas mais diversas cidades espalhadas por todo o Brasil.  

Foi a primeira rede a abrir uma loja em Macapá (AM) e hoje o Norte está entre os três maiores mercados da empresa no país (117 lojas), onde participa sempre com ações itinerantes na festa do Círio de Nazaré (PA), ou eventos como o Rock'n'Rio.

Também tem uma loja dentro de um boliche em Vassouras (RJ) e até uma "pé na areia", conforme a rede gosta de dizer, em Morro de São Paulo (BA), aberta mesmo com uma resistência inicial, segundo Lima, por acharem, a princípio, que o acesso seria difícil. Hoje, é uma das unidades que mais vende e tem "um fluxo sensacional", conta. 

De 2019 a 2021, a rede caiu de 1047 para 977 lojas, voltou a crescer e, no final de 2023, encerrou com 1.002. Hoje, tem 1.045 no país, sendo 105 próprias e 940 franqueadas. "Vamos triplicar esse número em dois anos. Onde o consumidor quiser, o Bob's estará lá", sinaliza. 

O diretor Fabiano Lima na arquibancada 'instagramável' das lojas Conecta: para conquistar a Geração Z

 

CONECTANDO GERAÇÕES

Criada em 1952 em Copacabana (RJ) por Robert 'Bob' Falkenburg, um tenista americano casado com uma brasileira, o Bob's atravessou gerações apostando nos laços afetivos dos consumidores - incluindo aí seu famoso sanduíche Big Bob e o icônico Milk Shake Crocante (ex-Ovomaltine, licenciamento que perdeu para o McDonald's em 2016).  

Após a rede ser adquirida pela Nestlé em 1984, que transformou a marca em franquia, foi comprada pela Brazil Fast Food Corporation em 2000. Pioneiro em tecnologias de experiência para o cliente - como os totens de autoatendimento -, hoje o Bob's investe em inovação, estratégias omnichannel, ações com influenciadores para atrair a geração Z e na equipe de atendimento. Com essas medidas, a rede tem percebido um aumento do público entre 16 e 18 anos.  

A novidade do plano de expansão prevê também a revitalização das lojas ativas e o lançamento das novas no modelo Bob’s Conecta, projeto de arquitetura no varejo baseado em tendências globais e urbanas para oferecer experiências diferenciadas. Também investe nos lockers, em aeroportos, onde o cliente retira o pedido sem fricção, explica Fabiano Lima. 

As novas lojas também têm pegada sustentável, com gestão de lixo, energia e água. "E são mais coloridas, instagramáveis, com arquibancadas onde o cliente pode consumir e tirar foto."

Sem entrar em guerra de preços, como fazem as duas maiores redes do segmento (tantos lanches por tantos reais, por exemplo), o Bob's tem um calendário de marketing nacional, segundo o diretor de expansão, fazendo um trabalho de ativação de promoções "muito próximo ao franqueado."

"Temos uma linha de produtos que atende todas as necessidades do nosso cliente, do café da manhã, almoço, happy hour até uma linha mais gourmet, para a noite", explica. "Talvez haja uma briga mais acirrada na hora do almoço - o famoso 'rouba-monte' -, mas temos uma oferta de acessibilidade adequada ao bolso do cliente daquele horário", diz, lembrando que a prática não é engessada. "Afinal, ninguém melhor que o franqueado para conhecer sua região."

Essa relação com os franqueados, aliás, é um dos pilares do Bob's: a primeira franquia da rede foi inaugurada no estado do Espírito Santo e está ativa até hoje. O franqueado tem 17 lojas, e a rede faz um trabalho de sucessão com o filho dele.

"Esse laço afetivo com a marca é muito forte, ela tem 70 anos e já passou por diversos momentos econômicos", lembra Lima. "E com franqueados com 3,6 lojas, em média, mostramos nossa solidez e o sucesso da franquia ao longo de 40 anos."

Para ser franqueado Bob's o investimento inicial em uma loja com drive-thru, por exemplo, é estimado em R$ 1 milhão, geralmente no modelo store-in-store (loja em outro estabelecimento comercial). 

 

IMAGENS: Karina Lignelli

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

Conheça os projetos que buscam requalificar o Centro de SP

Conheça os projetos que buscam requalificar o Centro de SP

Os impactos da IA no mercado de trabalho

Confira como foi a festa dos 100 anos do DC