Por Nelson Blecher

  | É jornalista em São Paulo