Vida e Estilo

Bebidas para enfrentar o calor


A nutricionista Fernanda Parziale Seiffer fez seleção especial de bebidas com componentes que estimulam a prática esportiva e a disposição


  Por Estadão Conteúdo 02 de Fevereiro de 2019 às 15:52

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


Sair para a rua e enfrentar termômetros na casa dos 40ºC não é fácil. E o que dizer de fazer exercícios físicos ao ar livre? Seja no parque ou nas academias, mesmo com ar condicionado, a hidratação durante os treinos é regra número um para manter a saúde e não perder o rendimento.

Algumas bebidas simples e fáceis de fazer ou serem encontradas podem ajudar. Com a escolha certa, é possível ainda potencializar o treino e melhorar o desempenho.

Para isso, nós contamos com a ajuda da nutricionista Fernanda Parziale Seiffer, da E4 agência, e especialista em Nutrição Clínica Funcional. Ela preparou uma seleção especial de bebidas com componentes que estimulam a prática esportiva e a disposição

Água de coco

No calor, é comum que o organismo transpire o dobro e, por isso, é importante uma boa reposição hidroeletrolítica. "A água de coco é rica em sais minerais e vitaminas, considerada uma opção natural eficiente para repor o sódio e potássio perdidos com o calor, especialmente na prática esportiva. Além disso, ela possui alto potencial hidratante, mais um benefício essencial para evitar a queda de performance e minimizar a fadiga física", afirma Fernanda Parziale Seiffer.

Água

A ingestão de água deve ser redobrada nos dias em que as temperaturas aumentam. "A desidratação é um processo onde há perda de água corporal e de eletrólitos, responsáveis por manter o equilíbrio hidroeletrolítico e o funcionamento celular. Por conta disso, recomenda-se o consumo de pelo menos três litros de água no verão, e aumentar este volume nos treinos regulares", enfatiza a especialista.

Chás gelados naturais

Os chás gelados feitos com chá verde, chá branco, frutas cítricas e frutas vermelhas são opções práticas e que fornecem boa concentração de fitoquímicos e vitaminas, além de também serem bebidas refrescantes. Para a nutricionista, é possível driblar a receita de chá quente. "A combinação de ervas naturais pode ser benéfica para aumentar a disposição, potencializar o desempenho e favorecer o equilíbrio corporal, especialmente quando há estresse físico e transpiração excessiva nos treinos em dias quentes", diz.

Frappuccino funcional

O frappuccino é uma bebida gelada a base de café, que pode ser feita com bebida vegetal de oleaginosas (castanhas, nozes e amêndoas) e chocolate 70% cacau ou cacau em pó. "É uma opção mais refrescante para os apreciadores de café, contendo boa concentração de cafeína e de outros componentes importantes para aumentar a disposição nas atividades diárias", ressalta Fernanda Parziale Seiffer.

Bebidas energéticas 

Para quem pratica exercício físico de alto rendimento, o consumo de bebidas energéticas é frequente. Mas o consumo pode fazer parte da rotina de todos aqueles que encaram o calor para malhar. 

"As bebidas energéticas combinam substâncias com características estimulantes e que atuam em sinergia no aumento da disposição e foco. A cafeína e a taurina favorecem o funcionamento adequado do metabolismo energético, efeito que otimiza a performance e previne a fadiga, mesmo em dias mais quentes. Além disso, é uma bebida refrescante que pode ser consumida bem gelada, com rodelas de limão e laranja", aconselha Fernanda.
 
LEIA MAIS: Elas estão em dia com a saúde e com os negócios

Sucos de açaí

Uma boa opção para a hora dos treinos é o suco de açaí, pois a fruta apresenta alta densidade de nutrientes, fornecendo energia em doses suficientes para um treino longo e intenso. A especialista em Nutrição Clínica Funcional dá dicas de incrementar o suco: "Os sucos a base de açaí podem ser feitos com frutas (banana, morango) e água de coco ou até mesmo bebidas vegetais, para ficar mais cremoso e trazer mais saciedade. Recomenda-se seu consumo em torno de 1h a 1h e meia antes da atividade física, justamente por ser uma bebida com maior densidade energética, assim, evitando possíveis desconfortos gastrointestinais".

 

FOTO: Marcello Casal Jr./Agência Brasil