Tecnologia

Mais de 600 estandes e novidades na feira do varejo em Nova York


Integrantes da missão ACSP/Facesp/Sebrae conhecem diferentes soluções inovadoras e até disruptivas -do robô com funções de balconista a ferramentas de ponta para a gestão do varejo


  Por Taicir Khalil 19 de Janeiro de 2016 às 20:27

  | É Superintendente de Marketing da Associação Comercial de São Paulo (ACSP)


Na Expo, a feira de exposições da Retail´s Big Show (NRF), o participante se depara com tecnologias inovadoras de varejo, bem como conteúdo, atualizações e soluções necessárias para gerir seu varejo e impulsionar suas vendas.

Neste ano, são mais de 600 expositores dentre grandes marcas, como Microsoft, Oracle, Intel, IBM, SAP, etc, até pequenas startups com grandes ideias buscando sua colocação no mercado do varejo.

Há diferentes soluções inovadoras e até disruptivas que vão desde  um robô com as funções de um balconista atendendo e tirando as dúvidas dos clientes que passam pela loja até uma vitrine utilizando o conceito de realidade aumentada.

ROBÔ BALCONISTA: ATRAÇÃO DA EXPO

Porém, a palavra de ordem continua sendo o chamado omnichannel, ou seja, a possibilidade de disponibilizar ao cliente diversos canais de venda ao mesmo tempo, tais como: lojas físicas, E-ecommerce, Mobile Commerce, TV commerce, Social Commerce, etc, pois cada dia mais o nosso consumidor é multicanal e cross-canal.

LEIA MAIS: A tecnologia muda tudo no varejo

Ele quer ter a liberdade de comprar, pagar e retirar a mercadoria como bem lhe convém. Por exemplo, ele pode escolher o produto por um desktop conectado à internet, pagar por meio de seu celular e ir, logo em seguida, retirar o produto em uma loja física.

A diferença desta versão em relação aos anos anteriores é que omnichannel, deixa de ser um diferencial e passa a se tornar uma obrigação das plataformas de e-commerce.

Outra moda que vai pegar e está a todo vapor na Expo é a In-Store Analysis, uma ferramenta de BI (Business Inteligence) para varejo que coleta todas as informações de campo, tais como quem passou pela loja física ou virtual, o que comprou, o que procurou, como pagou, como retirou o produto, quais produtos não localizou, quanto tempo ficou na loja física ou na loja on-line, etc.

LEIA MAIS: As inovações da maior feira mundial do varejo

A ferramenta processa essas informações e devolve ao gestor do varejo resultados que o instruem a como ofertar outros produtos a este cliente, como retê-lo e como engajá-lo com seu comércio.

Nesta terça-feira (19/01) os integrantes da missão Facesp/ACSP/Sebrae fizeram uma visita orientada para conhecer estas e outras tecnologias nos melhores expositores da Expo.

FOTO: Adnilson Júnior