Tecnologia

Empresas brasileiras poderão participar de programa no Vale do Silício


Seis empresas de economia criativa ou tecnologia da informação e comunicação serão escolhidas para cumprir uma agenda de oito semanas nos Estados Unidos


  Por Agência Brasil 24 de Agosto de 2015 às 18:23

  | Agência de notícias da Empresa Brasileira de Comunicação.


As empresas brasileiras instaladas no Porto Digital, polo tecnológico localizado no Recife, terão oportunidade de se candidatar e serem selecionadas para um período de imersão e capacitação no Vale do Silício, polo de tecnologia da Califórnia, Estados Unidos. A participação está prevista no âmbito do programa Deep Dive, lançado hoje (24/08) na capital pernambucana pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro.

Segundo a Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), seis empresas de economia criativa ou tecnologia da informação e comunicação serão escolhidas para cumprir uma agenda de oito semanas nos Estados Unidos. Lá, cumprirão um cronograma previamente elaborado pela Apex e pelo parque tecnológico, contendo mentoria individual, workshops temáticos e reuniões de negócios com possíveis investidores. Também terão suporte físico do escritório da Apex na cidade de São Francisco.

Para concorrer a uma das vagas do programa, as empresas passarão por um processo seletivo com quatro etapas. As inscrições já estão abertas no site do Porto Digital. Qualquer empresa associada ao polo tecnológico, formado por mais de 250 empreendimentos, pode se inscrever.

A fase de imersão internacional começa em 13 de janeiro de 2016. Os nomes das empresas selecionadas serão divulgados no dia 19 de novembro. O projeto também é apoiado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e pelo governo de Pernambuco.