Opinião

Posição Facesp/ACSP - Impeachment Já


É urgente retomar a governabilidade, o que não será possível no atual quadro político mas, sim, com uma saída que signifique não apenas mudança, mas esperança de solução


  Por Alencar Burti 17 de Março de 2016 às 17:37

  | Presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp)


O Brasil atravessa o mais grave período de sua história. Assiste-se a uma crise econômica que desestrutura o sistema produtivo brasileiro e atinge fortemente o trabalhador, vitimado pelo desemprego crescente, pela queda da renda e pela ausência de esperanças. 

A classe política, concentrada nas disputas de poder, não oferece qualquer perspectiva de mudança para reverter essa grave situação.

O governo, imobilizado por seus erros anteriores, não consegue apresentar uma proposta consistente de ajuste fiscal e de retomada dos investimentos. 

A incerteza paralisa a economia e impede a construção de consensos que permitam a superação da crise. A sociedade está perplexa, indignada e sem saber a quem apelar.

A crise já afeta, de forma dramática, significativa parcela da população, cuja sobrevivência está ameaçada pelo desemprego, pela deterioração dos serviços públicos, pelas tragédias previsíveis e evitáveis que se repetem. 

É urgente retomar a governabilidade, o que não será possível no atual quadro político mas, sim, com uma saída que signifique não apenas mudança, mas esperança de solução.

Por isso, apelamos à presidente Dilma para que, em um gesto de grandeza, renunciasse, para propiciar a busca de um entendimento que permitisse começar a mudar o quadro dramático que o País atravessa, evitando o processo de impeachment que retardaria a busca de soluções para a crise. 

As últimas atitudes do governo, no entanto, mostram que não haverá renúncia, pelo menos no curto prazo, o que nos leva, agora, a apelar à Câmara dos Deputados inicialmente, e a todo Congresso Nacional, para que agilize o processo de impeachment, para abreviar ao máximo o cenário de incerteza que o País vive, e que vem agravando dramaticamente o quadro econômico e social. 

A Facesp e as Associações Comerciais irão acompanhar o posicionamento dos senhores parlamentares durante o processo, e manterão os empresários e a população informada da atuação de cada um. A palavra de ordem das associações comerciais passa a ser IMPEACHMENT JÁ.