Opinião

Impostores do PT


Queiram os petistas ou não, a imensa maioria deseja Dilma fora do governo e os corruptos na cadeia


  Por Paulo Saab 15 de Março de 2016 às 10:44

  | Jornalista, Bacharel em Direito, professor universitário e escritor.


O PT está se aperfeiçoando na arte de dizer mentiras, imposturas.

Diante da avalanche de gente nas ruas no domingo, contra o PT, contra Lula, contra Dilma, Jaques Wagner  vem dizer que os apupos de alguns a Alckmin e Aécio igualaram o protesto contra toda a classe política.

Jaques Wagner disse também que não valeu porque foi manifestação patrocinada. Chega a ser patético.

Bem, se alguém patrocinou quero reembolso do meu transporte, almoço, que não foi sanduiche de mortadela (que por sinal eu gosto) e tempo. Quem patrocinou? Cadê o meu?

Que momento infeliz, como muitos outros, do escudeiro “compositor” de Lula.

Tarso Genro, outro petista que afundou o Rio Grande do Sul, lembrou a Marcha da Família com Deus, pela Liberdade, em 1964,para também generalizar a manifestação contra o petismo ,como se fosse contra toda a classe política, para minimizar o impacto sobre seu partido.

O inefável Rui Falcão, igualmente, valorizou o apupo de alguns na Paulista a Aécio e Alckmin, como se isso fosse a síntese da manifestação.

Vou ficar só nestes porque ouvi de muitos outros petistas a mesma catilinária chorosa, triste, tentando deturpar os fatos e minimizando o avassalador protesto de milhões em nome da maioria dos brasileiros.

Afinal, queiram os petistas ou não, a imensa maioria deseja Dilma fora do governo e os corruptos na cadeia.

LULA MINISTRO

Caso aconteça a estapafúrdia nomeação de Lula para ministro de Dilma, ou seja, caso ela entregue o governo, por tabela, para Lula voltar a mandar diretamente no governo, encostando Dilma, o Brasil estará recebendo um afrontoso tapa na cara do petismo espúrio.

Todos estão dizendo basta ao petismo. E o que o petismo ouve é que deve continuar com suas sandices, acreditando que ainda possa mobilizar milhões a seu favor, e haja algum resto de credibilidade.

Lula assumindo ministério assina a confissão de culpa.

Até objetos de arte da presidência ele levou?

****

As opiniões expressas em artigos são de exclusiva responsabilidade dos autores e não coincidem, necessariamente, com as do Diário do Comércio