Opinião

Comunique-se, Temer!!!


Fica uma pergunta que não quer calar: o que não tem vindo a público que engessa a gestão Temer até agora em se mostrar aquilo que dele espera a maioria dos brasileiros –imensa- que apoiou o processo de impeachment?


  Por Paulo Saab 30 de Maio de 2016 às 12:23

  | Jornalista, Bacharel em Direito, professor universitário e escritor.


Causa estranheza que, com toda a experiência que o presidente em exercício Michel Temer tem na vida política, esteja perdendo e de forma acelerada a “guerra” da comunicação feita pelas minorias derrotadas no processo de afastamento de Dilma.

O barulho que estas minorias estão fazendo, com o apoio da mídia engajada com o petismo, tem exposto a gestão ainda em formatação de Temer como fraca, ruim, e comprometida com atos políticos de alguns de sues integrantes, fragilizando toda a movimentação da sociedade brasileira para tirar o PT do comando do país.

Todos sabemos que a chegada do vice à presidência traria à tona muitos problemas de ajustes, adequações, nomeações politicamente incorretas e tudo mais.

Só não sabíamos que o governo Temer seria tão fraco, como tem se mostrado, na tarefa urgente de trazer a público as mazelas, buracos, rombos, desvios, excessos e malfeitos do governo Dilma, pelo que o país anseia e serve, também, de justificativa para sua própria ascensão ao poder.

Enquanto Temer vacila em diversas áreas no sentido de não dar espaço para a minoria derrotada se reorganizar e fazer barulho, no silêncio de Temer quanto aos crimes cometidos pelo PT no exercício da presidência, os milhões de brasileiros que foram as ruas, entre os quais me incluo, ficam inseguros com a perspectiva de a gestão Temer não conseguir provar como o PT destruiu o país, dando gás a uma possível volta de Dilma -o que seria o maior desastre da história, depois do desastre dela mesmo.

Fica uma pergunta que não quer calar: o que não tem vindo a público que engessa a gestão Temer até agora em se mostrar aquilo que dele espera a maioria dos brasileiros –imensa- que apoiou o processo de impeachment?

O que espera essa maioria: transparência, revelação dos erros anteriores, ação, atitude, e comunicação, com a sociedade.

Haverá algo mais, como gravações dos Sergios Machados da vida que podem contribuir para esse “silêncio” de Temer.

*******

As opiniões expressas em artigos são de exclusiva responsabilidade dos autores e não coincidem, necessariamente, com as do Diário do Comércio