Opinião

Como a mentira inverte tudo


Todos parecem ter se esquecido do que gerou a situação caótica em que vive o país. O mal de origem é o lulopetismo e todos se comportam como se não tivesse sido


  Por Paulo Saab 23 de Agosto de 2018 às 17:50

  | Jornalista, Bacharel em Direito, professor universitário e escritor.


O PT é socialista.

O partido de Hitler, Nacional-Socialista (de onde saiu o termo nazismo) era socialista.

Talvez por isto o lulopetismo se valha tanto (nos objetivos semelhantes totalitários) da frase consagrada por Joseph Goebells, ministro da Propaganda do III Reich, segundo a qual, “uma mentira dita mil vezes se transforma numa verdade”. ("Eine Lüge, die tausendmal gesagt wurde, wird zur Wahrheit").

Vejamos: o lulopetismo foi responsável, através das ações de desgoverno e corrupção pelo caos a que o país chegou que levou ao impedimento da então presidanta Dilma Rousseff.

Este caos continua na continuação do desgoverno lulopetista, com Temer no poder. Michel Temer foi o escolhido pelo PT nas duas eleições ganhas pela Dilmanta para ser o vice-presidente na mesma chapa.

Na urna eletrônica, quem votou na então candidata votou também em Temer. A foto de ambos constava da cédula eletrônica.

O lulopetismo combate hoje o governo Temer como se não fosse a continuidade do seu, adaptado ao meio político pátrio após a legítima depoisção da anta, digo, da Dilma.

É uma mentira histórica contundente.

Sob a égide do governo petista, na batuta de Lula, o Brasil foi saqueado –e segue sendo -por todos os lados e meios,além do aparelhamento da máquina pública para servir aos interesses escusos do partido(o STF está aí de prova até hoje, para ficar num só exemplo).

Foram tantos os malfeitos que seria preciso um jornal inteiro só para dar o título da roubalheira. Alguns exemplos:

-mensalão

-petrolão

-dinheiro para ditaduras de esquerda da América Latina e África

-propinas

-subornos

-atentados permanetnes à Constituição

-política ecônomica da anta que destruiu os fundamentos nacionais

-desemprego

-violência

-ditadura das minorias

-Valores da famílía brasileira destruídos, e por aí afora, numa obediência servil aos mandamentos de Gramsci, de implantar uma ditadura totalitária de esquerda, de dentro para fora do poder.

O lulopetismo e seus satélites destruíram o Brasil.

Mentem tanto, que querem fazer o país acreditar que a culpa não é de seus integrantes e eles resolverão os problemas que fingem não terem sido eles próprios os causadores.

Audácia falaciosa irresponsável.

Pior do que isso tudo, é no meio de uma campanha eleitoral, continuar o lulopetismo brincando com o Brasil,desdenhando e se colocando como pertinente, com o apoio da mídia engajada e dependente dos fundos escusos de propaganda e ideologia de esquerda.

Põe pior nisso.

Os demais candidatos, a mídia sadia (ainda existe?)  fazem o jogo da mentira.

Todos parecem ter se esquecido do que gerou a situação caótica em que vive o país. O mal de origem é o lulopetismo e todos se comportam como se não tivesse sido.

Não há um só candidato que aperte essa tecla de revelar mais e mais aos brasileiros o dano que o PT fez e faz ao Brasil.

Tudo isso contribui para o quadro que vivemos onde a mentira inverte tudo e vai se tornando verdade.

Estou cansado. A figura de Lula, do lulopetismo e asseclas, uma gangue com 4 ex-presidentes que estão ou estiveram na cadeia, três ex-tesoureiros presos, e um STF que dá validade ao banditismo, midia engajada, candidatos frouxos..tudo isso me enoja.

**As opiniões expressas em artigos são de exclusiva responsabilidade dos autores e não coincidem, necessariamente, com as do Diário do Comércio