Notícias

Entenda como o FGTS será recolhido no eSocial


Marilandi Pereira, analista da Caixa Econômica Federal, mostrou passo a passo as novas obrigações das empresas em palestra na ACSP


  Por Redação DC 25 de Abril de 2019 às 09:30

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Um dos benefícios do eSocial é a simplificação da comunicação entre as empresas e os órgãos governamentais. O sistema vai funcionar como uma espécie de repositório de informações previdenciárias, trabalhistas e fiscais, onde os entes públicos irão buscar aquelas que de sua competência.

Segundo o governo, o eSocial também irá facilitar as operações das empresas. Em palestra na Associação Comercial de São Paulo (ACSP), Marilandi Pereira, analista da Caixa Econômica Federal, lembrou que no embalo das mudanças promovidas pelo sistema, o recolhimento do FGTS foi simplificado.

Ele será recolhido por meio de um único documento – a Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (GRFGTS). Ela substituirá a Guia de Recolhimento do FGTS (GRF) e a Guia de Recolhimento Rescisório do FGTS (GRRF).

Marilandi orientou os empresários a terem cuidado especial com os recursos depositados no FGTS, que além de tributo também é um pecúlio para o trabalhador. “Em muitas situações, esse valor é o que o trabalhador tem para sobreviver por algum tempo quando perder o emprego, quando tiver uma doença grave, na compra do imóvel”.

Assista abaixo à palestra completa de Marilandi na ACSP