Negócios

Vendas nos supermercados de SP sobem 4,86% em janeiro


A Associação Paulista de Supermercados mantém sua projeção de crescimento de 6 a 6,5% para o ano


  Por Estadão Conteúdo 09 de Março de 2018 às 12:17

  | Agência de notícias do Grupo Estado


As vendas do setor de supermercados em São Paulo cresceram 4,86% em termos reais no mês de janeiro quando comparadas a igual mês de 2017, conforme dados da Associação Paulista de Supermercados (Apas).

O indicador já considera a inflação medida pelo Índice de Preços dos Supermercados (IPS), calculado pela Apas e a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Já o crescimento no critério mesmas lojas, que leva em conta apenas os pontos de venda abertos há mais de um ano, foi de 3,43% no período, conforme a Apas.

A entidade considerou que o resultado de janeiro surpreendeu positivamente. Atualmente, a Apas mantém sua projeção de crescimento de 6 a 6,5% para o ano, previsão que leva em conta a totalidade das lojas.

Para o economista Thiago Berka, os resultados de evolução do emprego ao longo do primeiro trimestre serão determinantes para estimar o comportamento das vendas pela frente.

Inflação

O Índice de Preços dos Supermercados (IPS), que havia registrado alta de 0,98 em janeiro, caiu em fevereiro 1,07% ante janeiro, o que representa a quarta maior queda desde que passou a ser calculado, em 1994. No acumulado dos dois primeiros meses do ano de 2018 o recuo é de 0,1%.

O destaque do mês na deflação, segundo a Apas, ficou com as proteínas. O preço da carne suína caiu 3,99%, a carne bovina recuou 3,02% e as aves tiveram queda de 2,94%. O feijão foi outro item que ajudou a puxar o índice para baixo, ao acumular a décima quarta queda consecutiva, com redução de 9,28%, em 2018.

FOTO: Thinkstock