Negócios

Vendas na Black Friday crescem 4,7%


Entre os itens mais vendidos na data, estão os eletrônicos e eletrodomésticos, itens de valor mais elevado cujas vendas dependem das condições do crédito


  Por Redação DC 26 de Novembro de 2018 às 11:42

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Dados da Boa Vista SCPC, com abrangência nacional, mostram que, em 2018, as vendas do comércio na Black Friday cresceram 4,7% em relação a 2017, superando a projeção da empresa de alta de 4,5%.

Os dados consideram as consultas do período de 20/11 (terça-feira) a 24/11 (sábado) de novembro de 2018, comparadas às consultas realizadas entre 19 a 23 de novembro de 2017. Somente na sexta-feira, a estimativa é que as vendas tenham crescido 5,9% em relação a 2017.

De acordo com os economistas da Boa Vista SCPC, o movimento reflete melhoras no mercado de trabalho e, especialmente, no mercado de crédito. Afinal, diante da inadimplência baixa, os bancos vêm se mostrando cada vez mais dispostos a aumentar a oferta de empréstimos.

Por parte dos consumidores, as taxas de juros menores e a melhora da confiança vêm elevando, ainda que timidamente, a demanda por crédito.

Vale destacar que, entre os itens mais vendidos na data, estão os eletrônicos e eletrodomésticos, itens de valor mais elevado cujas vendas dependem das condições do crédito.

Além disto, ano após ano os consumidores têm aproveitado as promoções da Black Friday para já anteciparem as compras de Natal, o que também vem favorecendo o movimento do comércio na data.

Ainda assim, de acordo com a Boa Vista SCPC, mesmo diante da antecipação das vendas de Natal para a Black Friday, a melhora do cenário econômico já aponta para um aumento significativo do movimento do comércio na principal data do ano para o setor.

FOTO: Divulgação