Negócios

Vendas do varejo paulistano crescem 2,2% em fevereiro


No ano, as vendas cresceram 2,9%. Os dados são da Associação Comercial de São Paulo (ACSP)


  Por Redação DC 03 de Março de 2020 às 11:17

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


O movimento de vendas na cidade de São Paulo cresceu 2,2% em fevereiro, na comparação com igual mês do ano passado. O número é do Balanço de Vendas elaborado pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

O destaque foram as vendas a prazo, que costumam ser de maior valor, e cresceram 2,8%. As comercializações à vista também avançaram, mas em menor intensidade, com alta de 1,6% na comparação anual.

A média das vendas a prazo e à vista resulta na alta de 2,2% para fevereiro. “O resultado veio dentro do esperado para o mês. O Carnaval costuma aquecer as vendas em bares e restaurantes, mas não tem grande impacto na comercialização das lojas em geral”, diz Emilio Alfieri, economista da ACSP.

Na comparação com janeiro de 2020, houve queda de 4,1% em fevereiro. O resultado, segundo Alfieri, é normal porque janeiro teve dois dias úteis a mais.

No ano, o movimento das vendas na cidade de São Paulo acumula alta de 2,9%. Nos últimos 12 meses, cresceu 2,5%. “Para o varejo avançar mais, seria importante uma melhora na qualidade do emprego e o aumento da renda”, diz o economista da ACSP.

O Balanço de Vendas é elaborado pelo Instituto de Economia da ACSP com base em amostra da Boa Vista SCPC. 

 

IMAGEM: DC