Negócios

Vendas do varejo crescem 3,6% na 1ª quinzena de abril


De acordo com a pesquisa Balanço de Vendas da ACSP, no mesmo período do ano passado foi registrado avanço médio de 1,2%


  Por Redação DC 17 de Abril de 2018 às 13:02

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Nos primeiros quinze dias de abril, o movimento de vendas do varejo paulistano aumentou em média 3,6% na comparação com o mesmo período de 2017, de acordo com o Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

“É um crescimento moderado. As vendas em geral se acomodaram e não estão acelerando tanto quanto se esperava. De qualquer forma, os números estão bem melhores do que os de 2017”, diz Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Na primeira quinzena de abril do ano passado, o balanço registrou avanço médio de 1,2%; na época, após sofrer fortes retrações, o setor começou a reagir com a liberação do FGTS.

SISTEMAS 

As vendas à vista caíram 4,8% na primeira quinzena de abril de 2018, na comparação interanual, impactadas pelas temperaturas relativamente altas no período, inibindo o consumidor a comprar itens da moda outono/inverno.

Já as transações a prazo tiveram crescimento de 12% na mesma base de comparação, puxado pelos bens duráveis, como eletrodomésticos e eletroeletrônicos.

“Uma das causas é circunstancial, a Copa do Mundo, que estimula a procura por TVs. A outra é de cunho macroeconômico: queda dos juros, alongamento dos prazos, recuperação da massa salarial”, diz Burti.

Os dois períodos comparados contaram com igual número de dias úteis.

ABRIL X MARÇO 

Em relação à primeira quinzena de março, o comércio paulistano sofreu um recuo médio de 7,8% nas vendas, resultante do dia útil a menos nos 15 primeiros dias de abril. Nos sistemas a prazo e à vista o balanço apontou quedas de 12,8% e 2,8%, respectivamente.

O Balanço de Vendas é elaborado pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal da ACSP, com amostra fornecida pela Boa Vista SCPC.

FOTO: Thinkstock