Negócios

Um jeito de fazer negócios com os chineses (sem burocracia)


Cerca de 500 fabricantes participarão de duas feiras com a expectativa de fechar negociações com importadores brasileiros


  Por Redação DC 08 de Setembro de 2016 às 19:34

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Com a recessão, os empresários brasileiros descobriram a importância de reduzir custos e de melhorar a eficiência operacional. Nem que para obter isso necessitem buscar produtos e bens de capital mais competitivos e avançados tecnologicamente. 

Com a chegada do fim do ano, uma maneira de o comerciante que vende importados rever o sortimento de produtos e planejar estoques é fazendo um bom networking. Na próxima semana, duas feiras de negócios prometem agitar a relação entre lojistas e fabricantes. 

Com a expectativa de reunir 500 fabricantes chineses e oito mil importadores brasileiros, serão realizados os eventos China HomeLife Brazil 2016 e China Machinex Brazil 2016. Ambos fazem parte do programa “One Belt, One Road", que conta com investimentos US$ 40 bilhões do governo da China.  

Segundo Anselmo Carvalho, responsável pela operação do evento no Brasil, o objetivo é colocar os empresários chineses em contato com parceiros de negócios no Brasil para estabelecer novas relações comerciais nos segmentos de produtos para a casa e máquinas, além de outros setores da economia.  

"Ao participar dos eventos, o pequeno e o médio empresário podem se tornar importadores diretos de mercadorias sem ter de enfrentar burocracia. Isso significa mais competitividade nos produtos oferecidos no mercado, pois os preços ficam mais acessíveis e menos dependentes de várias etapas no processo de importação", afirma.

Uma demonstração do interesse dos chineses em fazer negócios no Brasil, de acordo com Carvalho, é o crescimento do tamanho das duas feiras, que aumentou o seu espaço em 25% em 2016.

Ambas serão realizadas simultaneamente e haverá um Pavilhão Especial para cabelos, apliques, extensão de cabelos, perucas masculinas e femininas e outros acessórios. 

A feira China HomeLife reunirá fabricantes e representantes chineses de produtos certificados pelo Governo da China, tais como móveis, eletrodomésticos, materiais de construção, utensílios domésticos, têxtil, vestuário e iluminação.

Já a China Machinex é voltada para a indústria, já que dela participarão revendedores e fornecedores e máquinas e equipamentos de energia e eletricidade (alta e baixa tensão), máquinas para a indústria do plástico, máquinas e ferramentas industriais e máquinas de impressão e embalagem.

Carvalho diz que a proposta dos eventos é justamente permitir que importadores, distribuidores e revendedores brasileiros  possam fazer negócios com os chineses sem precisar sair do país, já que no local terão a ajuda de intérpretes.

Segundo ele, o empresário pode agendar encontros de negócios e obter suporte de consultoria para a importação dos bens através do CECIEx (Conselho Brasileiro das Empresas Comerciais Importadoras e Exportadoras).

SERVIÇO:
China HomeLife Brazil 2016  e China Machinex Brazil 2016  
Data: de 12 a 14 de setembro de 2016
Horário: das 11h às 18h
Local: Transamerica Expo Center – São Paulo

 

FOTO: Thinkstock