Negócios

Um empurrão para as startups


Programa, que tem o Sebrae como parceiro, pretende colocar empresas inovadoras em contato com parceiros e investidores


  Por Agência Sebrae 24 de Maio de 2016 às 19:09

  | Informações do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena empresa


O segundo ciclo anual de aceleração do programa InovAtiva Brasil está com inscrições abertas para startups de todo o país. Até 27 de junho, empresas inovadoras, de qualquer setor de economia, podem concorrer a uma das 300 vagas para capacitação, mentoria e conexão com investidores e parceiros.

Criado em 2013 por Marcos Pereira, atual Ministério da Indústria e Comércio, o InovAtiva Brasil apoia empreendedores iniciantes com potencial para desenvolver ideias tecnológicas, mas pouco conhecimento de como gerir seu negócio. 

LEIA MAIS: Quer empreender? Conheça mais de 5 mil títulos na internet

Em fevereiro, o Sebrae tornou-se co-realizador do programa. “Hoje, a criatividade está nos pequenos negócios e o InovAtiva é um esforço importante para quem tem ideias inovadoras enfrentar a burocracia que engessa a atividade empreendedora”, afirma Guilherme Afif Domingos, presidente do Sebrae Nacional.

A parceria contribuiu para que todas as 300 vagas do primeiro ciclo fossem preenchidas e o número de inscritos aumentasse 136% em relação a 2015. 

“Ajudamos a prospectar avaliadores e mentores, oferecemos capacitações, mobilizamos o ecossistema de startups atendidas pelo Sebrae para aderir ao InovAtiva, sensibilizamos nossas redes e contribuímos na divulgação”, completa Heloisa Menezes, diretora-técnica do Sebrae.

De acordo com o ministro Marcos Pereira, o InovAtiva Brasil é uma política pública robusta, com potencial para elevar o número de empresas brasileiras competitivas no mercado global, no longo prazo. 

“Esse é o quarto ano do programa e já são diversos os casos de sucesso das startups participantes, inclusive com algumas abrindo mercado no exterior”, diz o ministro.

QUEM PODE PARTICIPAR

Podem submeter projetos as startups  com faturamento anual máximo de R$ 3,6 milhões e que não tenham recebido investimento em participação de terceiros (investidor-anjo, fundo de investimento etc.) acima de R$ 500 mil.

O programa oferece capacitação em empreendedorismo inovador por meio de cursos gratuitos e outras atividades; acesso a mentores nacionais e internacionais; conexão com possíveis parceiros, investidores e grandes empresas; suporte para internacionalização e vantagens adicionais para startups em outros programas públicos e privados parceiros. 

SERVIÇO:
Inscrições para o  InovAtiva Brasil

Período: de 23 de maio a 27 de junho
Somente pelo site:  www.inovativabrasil.com.br