Negócios

Temer planeja ir à China em setembro para discutir comércio


O encontro de ministros de Comércio do G20 ocorre neste fim de semana (09 e 10/07)


  Por Agência Brasil 08 de Julho de 2016 às 16:44

  | Agência de notícias da Empresa Brasileira de Comunicação.


O presidente em exercício Michel Temer planeja ir à China em setembro para assinar documento de cooperação de comércio e serviços.

Em visita ao país para participar do encontro de ministros de Comércio do G20, o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, tratou da viagem com o ministro de Comércio chinês, Gao Hucheng. Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Hucheng confirmou ao ministro a preparação para receber Temer.

Marcos Pereira discutiu com o ministro chinês também a aceleração da assinatura do contrato de compra de dez aeronaves da Embraer e a autorização de importação das 18 unidades restantes no contrato para aquisição de 40 aeronaves assinado em 2014, com previsão de entrega entre 2018 e 2021.

Ele pediu ainda que o país asiático flexibilize a exigência de tratamento de contêineres brasileiros devido ao zika vírus. Segundo o ministro, as sanções penalizam empresários brasileiros.

O encontro de ministros de Comércio do G20 ocorre de sábado (09/07) a domingo (10/07). Na agenda de Pereira, também estão previstos encontros bilaterais e visitas a empresas chinesas no setor de tecnologia e informação.

Até o momento, além do ministro de Comércio chinês, Marcos Pereira se reuniu com os ministros da Produção da Argentina, Francisco Cabrera; do Comércio Exterior e Cooperação dos Países Baixos, Liliane Ploumen e com a comissária de Comércio da União Europeia, Cecilia Malmstrom.

A viagem do presidente em exercício ocorrerá caso o impedimento da presidente afastada Dilma Rousseff torne-se definitivo após o julgamento final pelo plenário do Senado previsto para o fim de agosto.

FOTO: Thinkstock