Negócios

Supermercados paulistas têm alta de 3,18% nas vendas em agosto


Interior apresentou maior crescimento, com alta de 7,71%, segundo a Apas


  Por Estadão Conteúdo 07 de Outubro de 2019 às 14:05

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


As vendas em supermercados no Estado de São Paulo tiveram um aumento de 3,18% no volume em agosto ante o mesmo mês de 2018, segundo a Associação Paulista de Supermercados (Apas). No quesito vendas reais, deflacionadas pelo IPS/Fipe, o aumento foi de 3,14%.

Na Grande São Paulo, porém, o indicador teve queda de 3,40% entre o oitavo mês do ano passado e o mesmo período deste ano. No Estado, as vendas aumentaram 0,38% em agosto, e o tíquete médio teve alta de 0,94%. Até agosto, 2019 registra crescimento acumulado de 0,48% no faturamento real dos supermercados ante igual período de 2018.

LEIA MAIS:Os 10 varejistas que mais faturam no Brasil

A associação afirma que os resultados mostram que os consumidores compraram mais produtos e que a inflação está sob controle, mas que a economia ainda opera em ritmo fraco. Em agosto, de acordo com a Apas, as vendas reais apresentaram maior aumento no interior de São Paulo, subindo 7,71%.

A região de Campinas teve aumento de 2,13% entre agosto de 2018 e o mesmo mês de 2019. Para 2019, a associação prevê crescimento de 1,3% para as vendas do varejo alimentar em São Paulo, ante previsão anterior de aumento entre 2,7% e 3%. A projeção foi revisada em agosto. No mesmo mês, o setor criou 1,239 mil vagas de emprego no Estado.

Segundo a Apas, até agosto, 2019 tem o melhor saldo acumulado de criação de vagas desde 2015. No mês, a capital liderou a geração de vagas, com 532 contratações. Em todo o Estado, o formato de minimercados e mercearias gerou 575 vagas, à frente dos hipermercados e supermercados, que abriram 275 postos.

FOTO: Pixabay