Negócios

Supermercadistas estão otimistas com as vendas de verão


Pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) mostra que 45% dos empresários do setor esperam alta nas vendas dessa época do ano


  Por Redação DC 07 de Dezembro de 2018 às 17:07

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Os supermercadistas brasileiros projetam vendas estáveis para a estação mais quente do ano, é o que mostra a Pesquisa Verão 2019 da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), realizada de 4 de setembro a 5 de outubro, com diversas empresas do setor.

De acordo com o Departamento de Economia e Pesquisa da entidade, responsável pelo estudo, 48% dos empresários apostam em vendas no mesmo patamar do último verão.

LEIA MAIS: O que é preciso para o comércio reaquecer de vez

Já para 45% dos supermercadistas entrevistados, as vendas da próxima estação serão maiores na comparação com o ano anterior. Em contrapartida, 7% dos varejistas não estão otimistas, e projetam números inferiores.

A Pesquisa Verão 2019 analisou a expectativa de vendas dos varejistas nas categorias Alimentos, Bebidas e Higiene e Beleza.

O sorvete, item tradicional da estação, lidera as apostas dos empresários no quesito alimentos, e deverá alcançar 14,9% a mais nas vendas em relação ao verão passado.

O iogurte foi outro item que ganhou destaque dos supermercadistas, que projetam 11,0% de crescimento para o lácteo.

Entre as bebidas, a cerveja deverá ser a preferida dos brasileiros no verão, de acordo com os varejistas, com alta de 12,9% nas vendas em relação ao ano anterior, seguida do refrigerante, 12,7%, e água mineral, 12,6%.

Na cesta de Higiene e Beleza, o repelente lidera as expectativas dos empresários supermercadistas, que esperam 10,6% de crescimento nas vendas do produto. O protetor solar e o hidratante para o corpo também estão entre as principais apostas.

PARCERIA

A Pesquisa Verão 2019 revelou ainda que para alavancar as vendas na temporada, os supermercadistas estão contando também com o trabalho conjunto com a indústria.

Entre as ações mais esperadas em relação aos fornecedores estão: promoções, 82,4%, ou seja, descontos especiais, e ações no ponto de venda, 56,9%, dentre elas, as conhecidas degustações. 

 

IMAGEM: Tinkstock