Negócios

Shoppings perderam 160 milhões de visitantes em 2020


A Alshop acredita que o setor vai demorar um ano e meio para se recuperar das consequências da pandemia de covid-19


  Por Redação DC 25 de Fevereiro de 2021 às 11:22

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


As visitas mensais aos shoppings centers caíram de 502 milhões de pessoas em 2019 para 341 milhões no ano passado. A informação, divulgada pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), abrange todo o país.

O tempo de permanência dentro dos centros de compras também foi reduzido, de 1h30 em 2019 para uma média de 30 minutos ao longo de 2020.

A Alshop relaciona a queda no movimento às medidas adotadas para conter a pandemia de covid-19, como as restrições de horário de funcionamento dos shoppings e limite de público.

Também cita os efeitos da pandemia no emprego e no comportamento de compra dos consumidores.

O censo da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) mostra uma recuperação gradual e contínua dos shoppings, que passaram meses fechados e chegaram a perdas de quase 90% em abril de 2020.

“Os consumidores estão se sentindo mais seguros e voltando aos poucos ao shopping, mas a recuperação do setor deve ser gradativa e pode levar até um ano e meio para recuperarmos o patamar de 2019”, avalia Luis Augusto Ildefonso, diretor institucional da Alshop.

Para a entidade, momentos como o Dia Internacional da Mulher, Dia das Mães e dos Namorados, considerando o primeiro semestre do ano, podem ajudar na recuperação das vendas nas lojas de shoppings.





Publicidade






Publicidade









Publicidade