Negócios

Setor de serviços aguarda o fortalecimento do mercado interno


A recuperação do setor ganhará intensidade com a evolução do emprego e da renda das famílias


  Por Instituto Gastão Vidigal 12 de Abril de 2019 às 18:47

  | Da equipe de economistas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP)


De acordo com a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o volume de serviços prestados mostrou aumento de 3,8% sobre o mesmo mês de 2018, explicado em grande parte pelo mês ter contado com 2 dias úteis adicionais, devido ao Carnaval ter sido realizado em março neste ano.

Contudo, no resultado acumulado em 12 meses, que reflete melhor a evolução, sem influência de qualquer sazonalidade ou “efeito calendário”, tal como o anterior, houve crescimento mais intenso (0,7%) em relação a janeiro (0,3%).

Na comparação com o mesmo mês de 2018, todas as cinco atividades consideradas na PMS mostraram elevação, com destaque para serviços de informação e comunicação, serviços prestados à família e outros serviços.

Novamente houve expansão do turismo, com forte alta no Estado de São Paulo, impulsionada por hotéis, comida preparada e passagens aéreas.

Em síntese, o volume de serviços prestados apresentou crescimento mais intenso em fevereiro, reforçando a tendência de recuperação, cuja intensidade, ao longo dos próximos meses, dependerá da evolução do emprego e da renda das famílias, dada a importância do mercado consumidor interno.

A maior cotação do dólar, se mantida, poderia beneficiar a atividade turística dentro do País, o que também contribuiria para acelerar a retomada do setor.

 

IMAGEM: Pixabay