Negócios

Sebrae lança programa para combater a crise na região do ABC


Guilherme Afif Domingos (foto), presidente da entidade, diz que projeto para combater efeitos do desemprego será levado a outras regiões do país


  Por Agência Sebrae 06 de Setembro de 2016 às 15:09

  | Informações do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena empresa


O presidente do Sebrae Nacional, Guilherme Afif Domingos, lançou na segunda-feira (05/09), em Diadema (SP), o Pacote Empreendedor para combater os efeitos do desemprego no Grande ABC paulista e incentivar a recolocação de trabalhadores no mercado. 

Segundo ele, a região foi escolhida para o lançamento por conta do predomínio da indústria, o setor mais atingido pela crise e pelo desemprego.

“O ABC é o epicentro da indústria e, por consequência, do desemprego. Quando a Indústria está em crise, outros setores, como o de serviços, também são atingidos”, afirmou Afif, destacando o alto nível de qualificação da mão de obra local. 

“Ao  fechar uma porta de oportunidade com o desemprego, abrem-se outras, por meio do empreendedorismo. No momento, o mercado pode não estar comprando veículos, mas há oportunidades para o conserto de carros, por exemplo.”

Afif lembrou que muitas pessoas antes de estarem desempregadas já tinham o sonho de se tornarem empreendedores, mas ainda não tinham tido a oportunidade de colocar em prática esse projeto. 

O evento de lançamento contou com a presença do presidente do conselho do Sebrae em São Paulo, Paulo Skaf, além de lideranças empresariais e institucionais.

O Pacote Empreendedor será difundido pelo Sebrae em outras localidades do país com perfil econômico semelhante ao do ABC paulista. 

No ABC, o pacote terá 20 mil vagas. “Pretendemos levar esse programa para outras áreas industriais, situadas em regiões metropolitanas”, disse o presidente.

Os produtos oferecidos pelo Sebrae serão o Empretec, voltado para o desenvolvimento do comportamento empreendedor; o Começar Bem, para planejamento antes de abrir o negócio; o Super MEI, que oferece capacitações; e os atendimentos e consultorias especializadas, que orientam sobre tendências e oportunidades de negócios. 

Nos próximos meses, sete carros do Sebrae Móvel prestarão atendimento nos municípios da região. 

O Grande ABC é a quarta maior economia do país e tem sentido os efeitos negativos da crise econômica que atinge principalmente o setor produtivo e a indústria automotiva local. 

A taxa de desemprego na região fechou em 16,8% em julho, de acordo com dados oficiais. Em janeiro, este índice era de 15%. A taxa atual representa um contingente de 240 mil desempregados nos municípios da região.

“Criamos esse programa para o futuro empreendedor e o empresário que não estão parados e procuram soluções para se destacar no cenário de crise e alta concorrência”, afirmou Skaf. 

“O momento exige capacitação técnica e habilidade de gestão, tudo o que o Super MEI oferece. Inicialmente, vamos oferecer cinco mil vagas nesses cursos somente aqui no ABC.”

FOTO: Agência Sebrae