Negócios

Prestação de serviços acumula recuo de 4,9% no 1º semestre


De maio para junho apenas as atividades de informação e comunicação, além de transportes e correio ficaram no campo positivo, segundo o IBGE


  Por Agência Brasil 11 de Agosto de 2016 às 09:38

  | Agência de notícias da Empresa Brasileira de Comunicação.


Em todo o país, o volume de serviços teve uma queda de 0,5% em junho deste ano, na comparação com maio. O recuo veio depois de uma alta de 0,2% em maio.

A receita nominal também teve uma redução na passagem de maio para junho (-0,3%). Os dados, da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), foram divulgados nesta quinta-feira (11/08) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O volume de serviços acusou quedas de 3,4% na comparação de junho deste ano com o mesmo período do ano passado, e de 4,9% no acumulado do ano e no acumulado de 12 meses.

Na passagem de maio para junho, quatro das seis atividades de serviços registraram queda, com destaque para outros serviços (-1,5%).

Os outros recuos foram observados nas categorias de atividades turísticas (-0,6%), serviços prestados às famílias (-0,5%) e serviços profissionais, administrativos e complementares (-0,4%).

Duas atividades tiveram alta em junho, na comparação com maio: informação e comunicação (0,2%) e transportes, serviços auxiliares de transportes e correio (0,1%).

FOTO: Thinkstock