Negócios

Oi vende participação na Unitel para a Sonangol por US$ 1 bi


A operação está prevista no plano de recuperação judicial da operadora de telefonia


  Por Estadão Conteúdo 24 de Janeiro de 2020 às 13:21

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


A Oi confirmou nesta sexta-feira, 24/01, por meio de fato relevante, a venda da sua participação na operadora angolona Unitel por US$ 1 bilhão para a Sonangol, estatal petroleira de Angola. O valor da venda inclui a fatia de 25% da Oi na Unitel, bem como os dividendos que a companhia brasileira tem direito de receber, segundo decisão arbitral, mas que estavam retidos até então.

O montante de US$ 760 milhões já foi pago à Oi, dos quais US$ 699,1 foram transferidos hoje e US$ 60,9 milhões já haviam sido creditados. Os US$ 240 milhões restantes estão integralmente garantidos por carta de fiança emitida por um banco de primeira linha, conforme o fato relevante, e serão pagos pela Sonangol até 31 de julho de 2020, sendo assegurado à Oi um fluxo mínimo mensal de US$ 40 milhões a partir de fevereiro.

A operação está prevista no plano de recuperação judicial da Oi, bem como no plano estratégico divulgado pela companhia em julho de 2019.

Segundo o comunicado oficial, o ingresso de novos recursos e a redução de gastos em virtude da desvinculação com os litígios em curso proporcionarão o incremento de liquidez financeira e a melhoria no fluxo de caixa da Oi. Além disso, a transação também contribuirá para a Oi concentrar seus esforços nas operações e negócios conduzidos no Brasil, no cumprimento do seu Plano de Recuperação Judicial e na maior efetividade e rapidez do seu processo de soerguimento.

 

IMAGEM: Divulgação