Negócios

Número de pedidos de falência sobe 2,7% em novembro


De janeiro a novembro, o índice acumulou alta de 11,7%. Em contrapartida, no confronto com novembro de 2015, os números recuaram 5,1%


  Por Estadão Conteúdo 02 de Dezembro de 2016 às 13:49

  | Agência de notícias do jornal O Estado de S.Paulo


O número de pedidos de falência registrou elevação de 2,7% em novembro na comparação com outubro, divulgou a Boa Vista SCPC nesta sexta-feira (2/12). De janeiro a novembro, o número acumulou alta de 11,7%. Em contrapartida, no confronto com novembro de 2015, os pedidos recuaram 5,1%.

Em novembro, as falências decretadas subiram 23% na margem e 0,9% na comparação com o mesmo mês de 2015. No acumulado do ano, as falências decretadas avançaram 11,8%.

No caso dos pedidos de recuperação judicial, houve recuo de 15,9% na passagem de outubro para novembro e de 31,4% ante o mesmo mês de 2015. De janeiro a novembro, contudo, acumulam alta de 52,9%.

Já as recuperações judiciais deferidas caíram 4,1% em novembro na margem, mas subiram 7,4% na comparação interanual e 55,9% no acumulado do ano.

A Boa Vista SCPC avaliou que os indicadores de solvência das empresas mantêm a tendência de desaceleração. Mas ponderou: "mesmo com o crescimento menos intenso do que o observado no começo do ano, os números acumulados devem se manter maiores do que os registrados no ano anterior, deixando para o próximo ano os possíveis efeitos positivos da mudança de cenário econômico", afirmou em nota.

O indicador de falências e recuperações judiciais é construído com base na apuração dos dados mensais registrados na base de dados da Boa Vista SCPC, oriundos dos fóruns, varas de falências e dos Diários Oficiais e da Justiça dos estados.

FOTO: Thinkstock