Negócios

Nike, Walmart, Boticário e suas novidades para o varejo


Nos últimos dias, essas empresas anunciaram decisões importantes. Lojas do Walmart terão novo nome, Beleza na Web passa a integrar Grupo Boticário e Nike entra para o mercado de assinaturas


  Por Mariana Missiaggia 15 de Agosto de 2019 às 07:35

  | Repórter mserrain@dcomercio.com.br


No início da semana, o Grupo Boticário anunciou a compra da Beleza na Web, uma das principais lojas on-line de cosméticos do País.

Fundada em 2008 pelo empresário Alexandre Serodio, a plataforma trabalha com mais de 360 marcas de perfumaria, corpo e maquiagem - são mais de 17 mil itens.

Hoje, a empresa integra a categoria que mais cresce no e-commerce, de acordo com a Ebit/Nielsen. A consultoria avalia que a categoria Perfumaria, Cosméticos e Saúde cresceu 51% na comparação com 2017.

A partir de agora, a Beleza na Web passa a integrar o time que já era composto por quatro marcas famosas no ramo: Eudora, Quem disse, Berenice?, The Beauty Box, Vult, além de O Boticário.

Além da importante plataforma, a Beleza na Web tem uma loja física em São Paulo, que fica em Moema, com a exposição de produtos de mais de 250 marcas, incluindo linhas profissionais. 

WALMART VIRA BIG COM FOCO NO ATACAREJO

Ícone do varejo mundial, o Walmart está saindo de cena no Brasil. A possibilidade que foi noticiada nas últimas semanas, foi confirmada no início desta semana.

Os passos para isso começaram a ser dados em 2018, quando o fundo de investimentos Advent adquiriu 80% das operações da rede americana no país.

A partir de agora, o Walmart Brasil passa a integrar o Grupo Big e passa a se chamar Grupo Big. A renovação receberá aporte de R$ 1,2 bilhão em 18 meses para modernização e ampliação de suas lojas. O objetivo é concluir a reforma de cem hipermercados até junho do ano que vem.

Atualmente, o Grupo Big opera 550 unidades no Brasil e emprega 50 mil funcionários em 18 estados brasileiros.

São sete bandeiras entre hipermercados – BIG e BIG Bompreço; supermercados – Super Bompreço e Nacional; atacado – Maxxi Atacado; clube de compras – Sam’s Club e lojas de vizinhança – TodoDia.

O atacarejo deve ganhar força na companhia já que o grupo planeja promover a conversão de hipermercados para as bandeiras Maxxi Atacado e Sam’s Club. Em algumas regiões do País, os hipermercados passarão a se chamar BIG e em outras BIG Bompreço.

A nova estratégia da empresa inclui algumas mudanças, como ampliação de 30% do sortimento e uma nova estratégia comercial e de preços.

NIKE E O MERCADO DE ASSINATURAS

Com características do mercado on-line, os clubes de assinaturas têm fisgado cada vez mais consumidores em diferentes categorias.

A partir desta semana, a Nike passa a oferecer um novo serviço de assinatura, o “Adventure Club”, exclusivamente, para o público infantil norte-americano – um mercado estimado em 10 bilhões de dólares por ano.

A tentativa da gigante calçadista é facilitar a vida dos pais evitando o número de idas com os pequenos às lojas de calçados. Em troca, a varejista ganha a lealdade à marca com uma mensalidade regular.