Negócios

Movimento do comércio sobe 3,4% no acumulado em 12 meses


Com a redução de juros, expansão do crédito, melhoria dos níveis de renda e a diminuição do desemprego, a expectativa da Boa Vista SCPC é que essa tendência se mantenha crescente pelos próximos meses


  Por Redação DC 20 de Março de 2018 às 11:48

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 3,4% nos últimos 12 meses encerrados em fevereiro, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC.

Na avaliação mensal dessazonalizada, foi observada queda de 0,5% em relação a janeiro. Já na avaliação contra fevereiro do ano anterior, houve aumento de 5,2%.



 

Após dois anos de retração, o indicador do comércio já apresenta sinais robustos desde o final de 2017. Com uma mudança de cenário, que inclui redução de juros, expansão do crédito, melhoria dos níveis de renda, diminuição do desemprego entre outras variáveis, a expectativa da Boa Vista SCPC é que essa tendência se mantenha crescente pelos próximos meses, consolidando a recuperação do setor.

SETORES

Na análise mensal, dentre os principais setores, o setor de “Móveis e Eletrodomésticos” apresentou queda de 2,2% em fevereiro, descontados os efeitos sazonais. Nos dados sem ajuste sazonal, a variação acumulada em 12 meses foi de 4,9%.

A categoria de “Tecidos, Vestuários e Calçados” cresceu 1,2% no mês, expurgados os efeitos sazonais. Na comparação da série sazonal, nos dados acumulados em 12 meses houve avanço de 2,3%.

A atividade do setor de “Supermercados, Alimentos e Bebidas” aumentou 0,3% no mês na série dessazonalizada. Na série sem ajuste, a variação acumulada subiu 3,1%.

Por fim, o segmento de “Combustíveis e Lubrificantes” cresceu 0,3% em fevereiro considerando dados dessazonalizados, enquanto na série sem ajuste, a variação acumulada em 12 meses ainda apresenta queda de 1,9%.

 

 

 
 

Veja a série histórica do indicador.

FOTO: Thinkstock