Negócios

Máster-franquia brasileira assume controle global da Maple Bear


Especialista em educação, Grupo SEB fechou ontem, na capital paulista, parceria com a rede canadense que atua em 20 países. Valor da transação não foi divulgado


  Por Redação DC 13 de Fevereiro de 2020 às 13:54

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


O Grupo SEB, considerado dos maiores grupos educacionais do país, anunciou na última quarta-feira (12/02) uma nova parceria com a Maple Bear Global Schools, da qual é máster-franqueado, tornando-se parte da operação global da companhia canadense, que atua em mais de 20 países. Agora, o Grupo detém 70% da marca globalmente, e os outros 30% continuam com o fundador e CEO Rodney Briggs, que ainda faz parte da gestão. 

O movimento ocorre três anos após o início da parceria entre as empresas, quando o Grupo SEB assumiu a operação da marca, inicialmente no Brasil e na América do Sul, e depois no restante da América Latina.

LEIA MAIS:  Lei que moderniza setor de franquias passa a valer em março

A Maple Bear é referência global em ensino bilíngue. O investimento inicial para ter uma unidade parte de R$ 1,5 milhão. O Brasil foi o segundo mercado internacional a receber a Maple Bear, da qual a expansão foi realizada através do franchising pelo Grupo SEB. O primeiro foi a Índia, um ano antes. Mundialmente, a Maple Bear tem 458 unidades em 20 países e 40 mil alunos, sendo 30 mil só no Brasil.  

Diretora Executiva do Grupo SEB, Thamila Zaher, afirma que a nova sociedade é um desdobramento natural dos excelentes resultados obtidos com a marca até o momento, e representa a continuidade do plano de internacionalização da companhia.

Em constante expansão, a Maple Bear, que chegou ao País em 2006, teve um crescimento de cerca de 100% nas operações no período de três anos, saltando de 78 escolas e 13,5 mil alunos, para 145 escolas em funcionamento e 30 mil alunos em todas as regiões do Brasil.

“Há três anos, quando iniciamos essa parceria, não poderíamos imaginar que atingiríamos resultados tão robustos em tão pouco tempo. Por meio da parceria com o Grupo SEB, a estrutura da Maple Bear, o suporte operacional e as práticas de gerenciamento foram fortemente aprimoradas, permitindo que a operação crescesse rapidamente, sempre com a excelência educacional canadense como peça central nas escolas", destaca a executiva.

Para ela, o segredo deste sucesso está na manutenção do modelo pedagógico da rede canadense. "Este foi um dos nossos maiores acertos: não mexermos naquilo que havia nos atraído, o modelo pedagógico. Por isso, vamos seguir da mesma maneira, focados na oferta de uma educação integral, com alunos protagonistas e com uma visão multicultural", completa.

A Maple Bear adota práticas que fazem do sistema educacional canadense um dos melhores do mundo, conforme estudos independentes, como o PISA (Programa Internacional de Avaliação de Alunos). A assistência pedagógica e a capacitação de professores permanecem sob responsabilidade dos fundadores e da estrutura acadêmica mantida no Canadá.

“Nossa parceria é baseada no respeito mútuo às qualidades de ambos os lados. Encontramos um parceiro estratégico que, além de se alinhar à nossa visão de excelência, nos ajudou a nos preparar para um crescimento sem precedentes no país. Acreditamos que agora é possível fazermos isso juntos em escala global”, destaca Rodney Briggs, um dos fundadores e presidente da Maple Bear Global Schools, que permanecerá na posição, num claro indicativo da boa relação entre as partes e da manutenção da estratégica para a marca.

INTERNACIONALIZAÇÃO

A parceria ocorre por meio da sociedade entre a MB Canadian School Corp. (empresa da qual o Grupo SEB é o controlador) e a Maple Bear Global Schools, ambas com sede no Canadá.

“A aquisição da Maple Bear na América Latina era apenas o primeiro passo de nosso plano de internacionalização. Agora vamos acelerar esse processo”, explica Chaim Zaher, presidente do Grupo SEB.

Com a iniciativa, o bilinguismo ganha mais destaque na estratégia do grupo, que oferece esse modelo em outras bandeiras focadas em públicos de diferentes perfis dentro de sua ampla atuação no segmento da educação básica.

“Não há como não investir pesado em bilinguismo, pois o aluno de hoje precisa de uma visão global. A Maple Bear vai nos auxiliar a cumprir essa missão com rapidez e segurança, para o máximo de pessoas, por meio de uma visão global”, finaliza.

O Grupo SEB conta com uma trajetória de mais de 50 anos na área educacional Considerado um dos maiores grupos educacionais do país, tem hoje sua atuação essencialmente focada na educação básica, segmento no qual é líder no Brasil.Está presente nacionalmente, por meio de sua rede de escolas próprias em 10 estados e 18 cidades, sob bandeiras como a Escola Concept, em São Paulo, Salvador e Ribeirão Preto, a Escola Pueri Domus, com cinco unidades em São Paulo e uma no Distrito Federal, entre outras. No total, a rede de escolas próprias do Grupo SEB contabiliza cerca de 45 mil alunos e 44 unidades.

É também franqueador máster na América Latina da marca Maple Bear, gerenciando a operação de cerca de 180 escolas que atendem a 25 mil alunos, com planos de expansão por todo o continente.

Já a Maple Bear chegou ao Brasil em 2006 por intermédio da Maple Bear Global Schools. Em 2017, após ser adquirida pelo grupo SEB, começou operar através do sistema de franquias, o que deu um novo gás à expansão da rede no país. Atualmente, conta com mais de 140 escolas -e outras 50 em construção- em todos os estados do Brasil. 

Sediada em North Vancouver, British Columbia (Canadá), e com cerca de 450 escolas em 18 países, a Maple Bear Global Schools é um dos líderes mundiais em educação bilíngue, oferecendo ensino de alta qualidade fundamentado nas práticas que posicionam a educação canadense entre as melhores do mundo. 

FOTO: Adriana Pavesi/Divulgação