Negócios

Inflação na internet desacelera e fecha agosto em 0,39%


Apesar de subir em comparação a julho, o ritmo de crescimento dos preços ficou menor no mês passado, de acordo com o Ibevar


  Por Estadão Conteúdo 21 de Setembro de 2017 às 16:15

  | Agência de notícias do Grupo Estado


Os preços na internet subiram em agosto na comparação com julho, embora o ritmo de crescimento tenha desacelerado.

A inflação na internet registrada para o mês de agosto ficou em 0,39% na comparação mensal, de acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar) em parceria com o Programa de Administração de Varejo (Provar).

Em julho, esse indicador havia sido de 1,25%.

No acumulado do ano até agosto, a inflação foi de 1,45%, queda de 4,61 pontos percentuais em relação ao mesmo período do ano anterior.

Segundo o estudo, quatro categorias de produtos obtiveram deflação mensal. Os brinquedos registraram recuo de 5,39% nos preços, enquanto CDs e DVDs recuaram 2,02% e medicamentos caíram 0,91%.

LEIA MAIS:Vendas pelo e-commerce na Black Friday podem crescer de 15% a 20% em 2017

No segmento de telefonia e celulares, a redução de preço foi de 6,72%. Outras seis categorias registraram inflação mensal: Cine e Fotos teve elevação de preço de 15,14%, eletrodomésticos subiram 1,21%, eletroeletrônicos aumentaram 0,90% e itens de informática, 1,23%.

Em livros, o aumento foi de 2,84% e perfumes e cosméticos subiram 5,21%.

FOTO: Thinkstock