Negócios

Dia dos Pais deve aumentar em 5% as vendas do varejo


De acordo com a ACSP, o crescimento não será suficiente para recuperar a retração de 9,5% na primeira quinzena de agosto de 2016


  Por Redação DC 07 de Agosto de 2017 às 11:22

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


AAssociação Comercial de São Paulo (ACSP) estima que o comércio varejista da capital paulista poderá crescer em torno de 5% neste Dia dos Pais.

A expectativa diz respeito ao movimento de vendas na primeira quinzena de agosto.

De acordo com Alencar Burti,  presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (FACESP), dois fatores devem contribuir para o saldo positivo.

“Os juros vêm numa sequência de quedas e o Banco Central já sinalizou que haverá outros cortes de mesma magnitude. Isso é alentador não somente para o Dia dos Pais, mas também para outras datas comerciais que virão, como o Dia das Crianças, a Black Friday e o Natal", afirma Burti. 

"Além disso, a base fraca do ano passado precisa ser levada em conta”, diz. 

Porém, o crescimento esperado para o Dia dos Pais de 2017 não será suficiente para recuperar a retração de 9,5% na primeira quinzena de agosto de 2016, conforme registrou o Balanço de Vendas da ACSP.

FOTO: Thinkstock