Negócios

Dia das Crianças faz vendas do comércio paulistano subirem 3,1%


Resultado na primeira quinzena de outubro ficou acima da alta média de 2% estimada anteriormente, segundo o Balanço de Vendas da ACSP


  Por Karina Lignelli 17 de Outubro de 2019 às 11:00

  | Repórter lignelli@dcomercio.com.br


Teve presente sim: o Dia das Crianças puxou a alta média de 3,1% nas vendas do comércio paulistano na primeira quinzena de outubro ante igual período de 2018. O resultado, segundo o Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), ficou acima da média de 2% projetada anteriormente.  

O movimento de vendas à vista registrou o maior crescimento, com alta de 5,3% - o que refletiu basicamente a demanda de compras para a data, como brinquedos, roupas infantis e itens de menor valor para presentar os pequenos, segundo o economista da ACSP Emílio Alfieri. 

LEIA MAIS:Impostos continuam a assustar consumidores no Dia das Crianças

Já às vendas a prazo cresceram menos no período - 0,8%, segundo o levantamento -, sendo que prevaleceu a compra de eletroeletrônicos como celulares, tablets e videogames. "No geral, esse crescimento é, em boa parte, reflexo da liberação dos recurso do FGTS e do PIS/Pasep", diz Alfieri. 

Na comparação quinzenal entre outubro e setembro, porém, o resultado médio das vendas ficou bem maior: 19,2%, sendo que o sistema a prazo cresceu 11,2%, e o à vista, 27,1%. Isso, porém, não significa uma disparada nas vendas, mas uma alta sazonal típica, afirma. 

"Outubro, por ter uma data consolidada, sempre foi um mês mais forte em vendas do que setembro - ainda que haja a expectativa de que a Semana do Brasil emplaque de vez nos próximos anos", conclui o economista.  

FOTO: Pixabay