Negócios

Delivery deve dobrar venda de jantares românticos no Dia dos Namorados


Com a limitação de 40% de ocupação presencial nos estabelecimentos, a AbraselSP estima alta de 100% no faturamento de bares e restaurantes com o serviço de entregas em comparação a um sábado comum


  Por Redação DC 10 de Junho de 2021 às 10:33

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Após sofrer várias baixas devido à pandemia, o Dia dos Namorados deste ano, que será comemorado no sábado, o setor de bares e restaurantes visualiza expectativas positivas para a data com ajuda do delivery. 

Segundo a AbraselSP (associação do setor), com a experiência e as parcerias que o setor adquiriu ao longo desse período, que permitem ampliar o número de entregas com qualidade, a projeção é de alta de 100% no faturamento comparado a um sábado comum, que tradicionalmente já tem movimento mais elevado.  

LEIA MAIS:  Comércio deve movimentar R$ 1,8 bi no Dia dos Namorados

A estratégia é uma forma de garantir receitas em uma das datas que mais movimenta o setor que, por enquanto, só pode funcionar com 40% de ocupação de encerrar o atendimento às 21h devido às restrições do Plano São Paulo de enfrentamento da pandemia. Por isso, não haverá impactos no atendimento presencial.   

Em 2020, com o fechamento de restaurantes e bares devido à quarentena, que ainda estavam se adaptando ao sistema de delivery, o aumento no faturamento não passou de 30%, diz a AbraselSP. Mas o cenário mudou. 

"O delivery continua sendo a melhor opção de lucratividade", afirma o presidente Joaquim Saraiva. Mas os cuidados devem ser redobrados, pois a expectativa é alta. "É preciso evitar atrasos e outros problemas que podem prejudicar o relacionamento com os clientes, pois muitos pedidos serão presentes e surpresas", alerta. 

Para ter retorno positivo nesta data, o empresário tem de ser criativo, fazer parcerias e utilizar as mídias sociais para sorteios e oferecer brindes e descontos. Também precisa se reinventar e aproveitar a ocasião para aumentar o faturamento, orienta Percival Maricato, presidente do conselho estadual da AbraselSP.

"Lembrando que o delivery representa apenas 20% a 30% do faturamento de um estabelecimento, o Dia dos Namorados é uma grande oportunidade de aumentar significativamente a receita”, destaca.  

Vejas as dicas da Abrasel para manter a qualidade do delivery: 

• Fechar os pedidos com antecedência,
• Utilizar os funcionários para fazer entregas no entorno,
• Contratar mais entregadores, via empresas de logística ou diretamente,
• Incentivar a retirada no estabelecimento (take away) via desconto, e
• Preparar estoques para provável aumento inesperado de pedidos

FLEXIBILIZAÇÃO 

A Abrasel SP enviou, no último dia 4 de junho, um oficio ao governador João Dória solicitando maior flexibilização somente neste fim de semana, com a sugestão de 60% de ocupação, atendimento até às 23h e a liberação de mesas nas calçadas, para o setor atender, pelo menos de forma parcial, a demanda presencial do Dia dos Namorados respeitando os protocolos de segurança. A entidade aguarda uma posição.

FOTO: Freepik






Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade




Publicidade



Publicidade




Publicidade