Negócios

Cresce adesão de lojistas à Sampa Week 2021


Só na última semana, mais de 130 lojistas e prestadores de serviços se cadastraram on-line para oferecer descontos e promoções na ação criada pela ACSP em parceria com o IDV


  Por Karina Lignelli 13 de Janeiro de 2021 às 17:17

  | Repórter lignelli@dcomercio.com.br


O comércio de São Paulo está em contagem regressiva para a chegada da vacina e da 2ª edição da Sampa Week, semana de descontos e oportunidades idealizada pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), que acontece entre os dias 23 e 31 de janeiro em comemoração ao aniversário de 467 anos da capital paulista.  

Além da participação de grandes players, como Magalu, Pernambucanas, Renner e Preçolândia, entre outros, tem crescido significativamente a adesão de pequenos e médios negócios na campanha. 

Desde o início da entrega de 40 mil cartazes pelos Correios para os lojistas afixarem nas vitrines, na primeira semana de janeiro, mais de 130 lojistas e prestadores de serviços já se inscreveram pelo site.

E os números sobem dia a dia, diz Abdo Hadade, vice-presidente da ACSP e coordenador-geral do Conselho de Varejo da entidade. "O foco principal é atrair cada vez mais pequenos e médios, pois são os que mais precisam recuperar prejuízos e têm menos condições de investir em publicidade em tempos de corte de despesas."

Para aumentar o alcance da campanha, nessa edição, a ACSP foi autorizada por seu presidente, Alfredo Cotait Neto, a investir o dobro em comparação à Sampa Week 2020, destacou Hadade.  

O site oferece o material de comunicação da campanha para download gratuito, como cartazes e banners e até filme para anúncio na TV ou sites. Para ampliar a adesão de comerciantes, o material, que era direcionado apenas a associados, agora, pode ser acessado também por não-associados, que já podem se cadastrar.  

Criada pela ACSP com apoio do IDV para potencializar o calendário varejista e atrair turistas para a cidade nas férias - principalmente do interior -, a estratégia da Sampa Week é alavancar o faturamento dos negócios, além das tradicionais liquidações promovidas no primeiro mês do ano para desovar estoques.    

Na 1ª edição do evento em janeiro último, as lojas físicas venderam 16,32%, e o e-commerce 32,50% a mais do que em igual semana de 2019, totalizando alta de 3,4% nas vendas totais do varejo no período. 

NO CALENDÁRIO DA CIDADE

A Secretaria de Turismo da Prefeitura de São Paulo também participa da Sampa Week, promovendo um passeio a pé pelo Centro da cidade, assim como na primeira edição, em parceria com a ABAV (Associação Brasileira de Agentes de Viagens), que também é uma das apoiadoras da campanha. 

O roteiro deve contemplar os principais pontos turísticos da região e ruas de comércio como a 25 de Março. Só que, desta vez, seguindo todos os protocolos sanitários, em todos os dias em que será realizada a campanha (em 2020 foram apenas dois dias), e divididos em três horários diários para evitar aglomerações.

LOJISTAS PODEM FAZER DOWNLOAD GRATUITO DO MATERIAL DA CAMPANHA

A primeira edição, segundo o secretário da pasta Miguel Calderaro Giacomini, já foi um sucesso mesmo em um período normalmente 'mais parado' devido às férias. Agora, a secretaria está em contato com a ABAV para envolver pelo menos 80 mil agentes de viagens na divulgação daa semana e atração de turistas. 

"Entendemos que estamos na pandemia, mas estamos na iminência da chegada da vacina e, como São Paulo está entre as 10 melhores cidades, nossa expectativa é bastante otimista", afirmou.  

Marcelo Silva, presidente do Instituto para o Desenvolvimento do Varejo (IDV), apoiador principal da ACSP na Sampa Week desde sua criação, afirmou que o instituto tem divulgado a semana o máximo possível entre as grandes varejistas associadas, convocando-as a participarem ativamente para 'fazer do limão uma limonada'. 

"Temos que manter o entusiasmo mesmo nas dificuldades, fazer um esforço maior e trabalhar mais intensamente. Daqui a pouco vem a vacina, isso vai gerar uma onda de otimismo, e aos poucos voltaremos ao normal", disse, lembrando que o IDV está com a ACSP para "fazer o melhor evento possível nessas circunstâncias."

Alfredo Cotait, presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), reforçou que a Sampa Week já se tornou um evento da cidade de São Paulo, e convocou todos os players envolvidos a 'tirarem o máximo' dessa ação. Mesmo na pandemia. 

Ele disse que, talvez com a pandemia, a 2ª edição não seja tão forte quanto se gostaria, mesmo porque viagens estão limitadas e o convívio, mais difícil. "Mas não vamos esmorecer: temos que continuar prestigiando a Sampa Week pois ela não veio para uma edição, mas para se perpetuar no calendário da cidade."  

Participaram da 3ª reunião da Sampa Week representantes da FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo), do Sindilojas (Sindicato dos Lojistas do Comércio de São Paulo), da Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil), do setor de Turismo e das Distritais da ACSP. 

COMO PARTICIPAR 

Está disponível no site oficial da Sampa Week o material de comunicação gratuito para download, que pode ser trabalhado junto com a marca ou isoladamente. Haverá também um espaço para comerciantes postarem sugestões e melhorias para a campanha. Para se inscrever, clique em Quero Participar e preencha a ficha.  

Foto: Reprodução do vídeo






Publicidade





Publicidade







Publicidade