Negócios

Comércio é maioria entre os atendimentos feitos pelo Sebrae


No total, mais de 2 milhões de empreendedores receberam orientação para os negócios em 2016


  Por Agência Sebrae 02 de Dezembro de 2016 às 15:45

  | Informações do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena empresa


Antes do fim do ano, o Sebrae já ultrapassou a meta de pequenos negócios atendidos em 2016: mais de 2 milhões de empreendedores. 

De acordo com levantamento do serviço de apoio, 42,5% dos clientes atendidos, de um total de 854,8 mil, são da área de comércio, responsável por 53,4% dos pequenos negócios no Brasil. A área de comércio varejista representa 1/3 desses atendimentos.

LEIA MAIS:"Bancos são grandes demais para atender o pequeno"

Ao longo do ano, foram realizadas mais de 1,6 milhão de orientações técnicas a distância, e 1,4 milhão presenciais. Também foram realizadas 700 mil consultorias, e quase meio milhão de clientes assistiram a palestras e participaram de cursos. 

Com ações de promoção à competitividade, desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios e fomento ao empreendedorismo,foram atingidos, indiretamente, quase 4 milhões de empreendedores, de acordo com o Sebrae.

Para a diretora-técnica, Heloisa Menezes, atingir essa marca é uma prova de que, apesar das dificuldades, o Sebrae finaliza o ano com ganhos e experiência.

LEIA MAIS:Empreender ainda é uma questão de subsistência no Brasil

“Mesmo com um orçamento menor, chegaremos a 2,2 milhões de atendimentos até o fim de 2016, o que demonstra que estamos mais eficientes no uso dos nossos recursos para essa atividade.” 

Com mais de 500 pontos fixos de atendimento espalhados pelo país, os empreendedores interessados podem encontrar no Sebrae cursos, serviços e consultorias, além de diagnósticos para situações específicas com o apoio de mais de 7 mil colaboradores.

Entre as principais soluções nacionais oferecidas estão o Negócio a Negócio, as oficinas SEI, e o Sebraetec.

As empresas que constituem o público-alvo do Sebrae representam mais de 98,5% dos empreendimentos formais no Brasil.